Europa-Deslocamento barato entre países pelo ar

Vou fazer uma serie de posts sobre deslocamento entre paises europeus. Provavelmente serão somente dois, este sobre o ar, e o proximo por terra mas pode ser que renda um terceiro.

Número um para pagar barato em qualquer transporte entre países e cidades européias; antecedência. Sou um disco quebrado nesse ponto, pois sei que nós brasileiros temos uma dificuldade tremenda em fazer qualquer coisa com atecedência e muita programação.Muita gente acha que se programar faz a viagem perder a emoção, e cada um na sua. Para quem tem bastante tempo e dinheiro a programação não é realmente necessária. Mas para quem não tem nenhum dos 2 sobrando não tem nada de emocionante em chegar numa cidade onde vou ficar 3 dias e perder horas procurando hotel,até a preguiça me vencer , eu desistir de procurar e ficar no primeiro que aparecer, e mais outras tantas horas olhando mapa e descobrindo o que fazer  e ver, para voltar de lá e descobrir que deixei de ir no lugar mais legal da cidade.  Lembrando que a antecedência  que barateia as passagens NÃO é 2 semanas antes, é 3 meses no mínimo, quando for na alta temporada o quanto antes melhor.

São muitas as companhias chamadas Low fares, Low cost, low qualquer coisa. Elas tem passagens realmente baratas , mas a era de passagem por 5 libras já se foi. Ainda é possivel comprar barganhas mas não é algo assim tão frequente. Com uma antecedência normal, eu diria que o preço médio que costumo pagar é em torno de 60 e 70 libras ida e volta por pessoa. Tem promoções de vez em quando, e para Eslovênia por exemplo pagamos 105 para os dois ida e volta com todas as taxas incluidas. Esse valor pode triplicar em cima da hora. No inverno, mesmo em cima da hora é possivel comprar uns achados para alguns destinos menos disputados. Fiquem de olho pois muitas empresas low fare trapaceam na cara dura e você só sabe quanto vai pagar no click final! Eles tem taxa de administração(???) , taxa de cartão de crédito, sem contar nos mil extras que podem ser incluídos se não ficar esperto. Viajantes gastadores, muito cuidado! As malas despachadas são pagas por fora e geralmente podem pesar no máximo 20 kilos(na Ryanair são 15!!), e este valor que eu dei não inclui bagagem,já que geralmente só  levo bagagem de mão. Algumas low cost menos sem noção como a Easyjet já colocam o preço todo(com taxa administrativa e de cartão de crédito) assim que você seleciona as passagens. Outras como a Ryanair cobram 6 libras por perna por pessoa de taxa administrativa, mais taxa de cartão, e outras coisas que você só descobre no final.

São muitas companhias, mas vou listar as que já usei ou que amigos já usaram.

Easyjet-Tenho um amor declarado por eles, por serem uma companhia low fare que não trapaceia tanto na compra , por terem voos que nem sempre desembarcam onde Judas perdeu as botas e  variedade de horários. Lógico que viajo muito com eles por ser uma empresa britânica que tem uma infinidade de voos saindo de  Londres mais do que de qualquer outro destino. E o aeroporto de onde saem mais voos é Gatwick que é relativamente perto da minha casa . Outro ponto positivo é que apesar de cobrarem pela bagagem despachada, a bagagem de mão não tem limite de peso, só de tamanho, que por sinal é um tamanho normal, não muito menor do que o padrão como o da Ryanair. O  Mas eles tem muitas rotas já que são a segunda maior companhia low fare da Europa.

Ryanair– maior  low fare da Europa, essa companhia irlandesa tem muitas e muitas rotas dentro da Europa  e sem duvida o preço mais baixo.Porém o estresse na hora da compra de só saber o preço no click final, os horários totalmente sem noção e o aeroporto principal deles sendo Stansted(longe para dedéu)  me fazem quase nunca viajar com eles. Stansted é longe , principalmente para quem como eu mora no sul de Londres. Diferente de Gatwick, que está a 28 km do centro, Stansted está a 48 km de Londres. Os trens são mais caros para lá(apesar de ter vários ônibus), demora, é um saco. Sem contar na cena ridícula que é a atendente deles com uma caixa de papelão do tamanho da mala medindo as malas de mão na fila para entrar no voo.  É dificil explicar se você nunca viu,mas as vezes as atendentes colocam aquele molde em mala por mala e se a sua nào couber nesse molde você paga! Imaginem a cena. Uma das poucas vantagens que vejo é que eles tem rotas para determinadas cidades que pouquissimas companhias tem.

Norwegian– É uma versão norueguesa da easyjet. Eu gostei!Eles oferecem várias rotas saindo da Noruega e da Escandinávia em geral. O preço é ótimo, horários e aeroportos viáveis e o preço final aparece antes do último click, rs! Apesar de não ter muitas rotas fora do eixo escandinavo, eles oferecem voos com escala, coisa que nem todas low fares oferecem.

Pegasus– Low fare turca. Nao viajei com eles e não posso falar sobre o serviço, mas  tem rotas interessantes(ou exóticas como dizem os ingleses) e que geralmente só companhias  aereas “normais” fazem.

Vueling– Low fare espanhola muito conhecida. Se voce vai a Espanha é bem provável que ela tenha a rota que voce procura. Também nunca usei e não posso falar do serviço.

Transavia– Low fare holandesa. Não gostei do serviço. Em pleno aeroporto de Amsterdã, que  seria  em tese a base deles, não tinha um balcão de informação, o voo atrasado , nenhum aviso sobre para onde o voo iria e a gente sem saber onde ir e o que fazer. O preço foi ótimo, fomos para Berlim de Amsterdã, mas só comprei por falta de opção pois não conhecia. Se tivesse outra opção pelo mesmo preço, provavelmente não escolheria esta companhia, mas não é nenhum bicho de 7 cabeças.

Wizzair-Companhia hungara. Tb nunca usei, mas como ando numa fase in love pelo leste europeu e eles tem alguns destinos também bem interessantes e diferentes, é bem capaz que eu tenha uma opinião a respeito  em breve.

São muitas e muitas,impossivel falar de todos, olhe uma lista completa neste site:

http://www.etn.nl/lcosteur.htm

Este site aqui faz uma busca entre as low fares:

http://www.flylowcostairlines.org/

Antes de comprar uma passagem com uma low fare, eu recomendo demais fazer uma busca nas companhias aereas “normais”, principalmente se for com antecendência.#discoquebradofeelings

Para quem precisa despachar bagagem, cuidado. Isso é algo que tem que ser levado em consideração mesmo! Um lembrete importante para a mulherada é que 99% das low fares consideram bolsa de mulher como bagagem de mão. Tudo que for “em cima” tem que caber na mala de mão! Aliás é preciso colocar tudo na ponta do lápis para ver se realmente vai ficar barato: preço do trem/metro até o aeroporto, preço da bagagem, preço de um eventual taxi se o horário do voo for muito cedo, etc. Muita atenção na distância entre a cidade que você vai sair ou chegar para o aeroporto. Muitas destas companhias aéreas só viajam em aeroportos muito longes, ou até mesmo em outras cidades próximas, e pela cara de pau sem fim colocam que é em outra cidade. Um exemplo é Barcelona. Eles colocam Réus e Girona como Barcelona, mas é longe para caramba, outras cidades! Como cada um tem uma realidade diferente de distância e preço na sua cidade, não se pode assumir que o aeroporto é perto ou que o deslcamento até la é barato.  Em cidades grandes, ir de taxi para o aeroporto pode custar o preço do voo! Então tudo deve ser considerado , tanto em relação ao preço quanto em relação a chateação. Para quem nunca viajou de low fare, apesar de tudo que disse, ‘na maioria das vezes é completamente tranquilo !Mas se você não souber de todos os detalhes sórdidos, pode ser que espere algo que não existe e se decepcione!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

Um comentário em “Europa-Deslocamento barato entre países pelo ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *