Lagos Plitvice – Hospedagem

Escolher a hospedagem próxima a este patrimônio da Humanidade foi tão fácil que ficou difícil. Eles tem muitas opções e são todas muito parecidas! A maioria mais parece uma casa do que um hotel propriamente dito. Tem alguns opções de acampamento, estacionamento para motorhome , etc, até tem hoteis convencionais, mas a grande maioria segue o estilo casa do campo mesmo.  Acho que o fator determinante na hora daescolha é a distância. Para quem está de carro isso é um problema menor. Mas para quem vai de transporte público é bom observar quais as opções de transporte do hotel até o parque, e mesmo se o hotel é proximo ao parque é bom atentar se é perto da entrada principal, tudo isso deve ser notado.Aliás leve em conta que “perto” do parque são 2 ou 3 km de lá! Então ainda é uma boa caminhada. Outra coisa que deve ser levada em conta, principalmente para quem não vai de carro, é se o hotel oferece refeições(incluídas ou não no preço), se vende água, essas coisas práticas. Pois sem carro a locomoção é mais dificil por lá e é bom que pelo menos você possa se programar e levar o que for preciso , caso o acesso a mercados e cidades seja ruim. Como esses hoteis/fazenda tem um esquema próprio, por mais absurdo que possa parecer é bom se informar disso antes. Para quem vai de carro, espaço não é problema por lá e a maioria dos hóteis tem estacionamento próprio, mas nunca é demais se certificar. Ficamos num hotel próximo a vila de Korenica. Recomedo DEMAIS!!! Para quem vai de transporte público nem tanto, porque ele fica a 13 km do parque e principalmente fica a 2 km da vila de Korenica, ou seja, fica na vila de uma vila! Mas para quem vai de carro , achei uma ótima!! Chegamos quando os chalés estavam recém-reformados e tudo era novinho. O nome do hotel/pensão é  Guest House Oreskovic.

 lagos plitivice hospedagem

Cada quarto tinha uma varanda com vista para as montanhas, uma cozinha e um banheiro. Era razoavelmente grande.As imagens que vocês verão são fortes,mas sou uma bagunceira incorrigivel, assim como minha prima. Então tem foto dos 2 quartos numa zona só,rs. DNA cheio de defeitos!

A cozinha

 lagos plitivice hospedagem

  lagos plitivice hospedagem

Sim, tem uma cama na cozinha. O meu padrão de hotel não é dos mais altos, mas por mais estranho que pareca, esta cama extra não é o fim do mundo. Afinal a maioria dos turistas fica uma noite por lá . Logo, por mais que você vá cozinha, dificilmente vai fazer batata frita, peixe frito, ou algo que vá encher a cama de gordura, né não. E é uma mão na roda para familia, que pode ficar tranquilo no mesmo quarto sem custo.

O hotel tem café da manhã incluido, que para o padrão brasileiro é basicão, mas para o padrão europeu é ótimo.

O dono me pareceu meio chato no começo, mas depois vi que ele era irônico mesmo. Uma figura! Antes de irmos ao parque ele nos perguntou se iríamos querer o jantar. Ele quer saber logo para saber a quantidade de peixe que deve pescar, o que deveria colher para fazer o jantar, super natureba. Falamos que sim e dissemos que voltariamos por volta das 8;30. Era 9 quando fomos comer e a entrada já tinha acabado. Não curti pois naquele frio que fazia uma sopa iria bem. Mas a salada, a batata e o peixe foi mais que suficiente. O preço incluía frutas de sobremesa também. Seria 10 euros com a entrada e acabamos pagando um pouco menos sem ela. Foi algo tipo 10 euros com a bebida, que não estava incluida. Eu adorei e é muito prático ter uma comidinha te esperando depois de andar o dia inteiro no parque. A maioria dos hoteis deve oferecer o mesmo serviço, mas acho válido perguntar antes. Era Agosto e anoite fazia uma friozinho bom mesmo. Recomendo levar um casaco para la. Só levei pois sai de Londres, onde nunca abandono um casaquinho, caso contrário teria congelado!

Compramos umas cervejinhas e no final da noite devoramos o queijo, bebemos um pouco, e jogamos conversa fora.

As reservas foram feitas pela Booking.com 

 

 

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.