Preconceito de viagem-voce tem ?

Preconceito eh algo que mesmo sem querer, todo mundo tem . E esses dias estava pensando que isso nao eh diferente no mundo dos viajantes. Tambem ha preconceito em relacao a alguns destinos, algumas culturas, alguns esquemas de viagem etc.

Minha sogra mora em Porto Seguro e  estava pensando em postar algumas coisas sobre la.. Ai veio esta ideia do tanto de preconceito que existe em torno desta cidade, que ficou tao conhecida pelos pacotes da CVC , que foi a dor e delicia de Porto. A ideia de todo mundo em relacao a cidade eh exatamente o contrario da minha pois la eh exatamente onde encontro tranquilidade quando estou no Brasil, eh o lugar que me faz desacelerar. Isso prova que da para quebrar todos os paradigmas e pre-conceitos em relacao aos lugares, basta querer e conhecer os lugares certos!  E quais sao os meus preconceitos de viagem e por que? Eu tenho lutado contra , devo esclarecer! Mas eles existem! E como estamos numa epoca do ano de fazer balancos e mudar atitudes perante a vida,melhor epoca para falar dos meus preconceitos nao ha!Vou dividi-los em dois tipos. Os que eu ja quebrei e os que ainda precisam ser trabalhados!

Os que ainda precisam ser trabalhados

Buenos Aires. Pausa para ouvir as vaias da plateia(ma qual? tem alguem ai?)!rs

Explico-me. E adianto que minha explicacao nao tem nenhum sentido! Eu tenho a impressao que Buenos Aires eh uma wannabe europeia. E todo mundo diz que eh um pedaco de Europa na America Latina. Hoje eu so iria para BsAs (sim, mesmo odiando ja faco a intima!)se fosse uma escapada na minha ida ao Brasil. Ai eu pergunto, o que eu vou fazer numa cidade europeia wannabe se tudo que  quero eh uma dose de America Latina na veia? Santa ignorancia, eu sei! Porque o que deve ser legal na cidade eh exatamente a mistura ” europeia” e latina da cidade. Eh verdade que ando tentando  quebrar essa ideia lendo os posts de outros blogs, e ate consegui de uma certa maneira abrir minha cabeca, mas mesmo assim Buenos Aires ainda nao esta no topo da minha lista!

Australia

Um pais lindo que eu tenho vontade de conhecer sim, mas tenho um preconceito em relacao a algumas coisas. Eu amo praia e curto mato de vez em quando tambem e a Australia tem praias maravilhosas e florestas, mas tudo mata, tudo eh perigoso, em todo lugar tem um bicho raro que mata em 2 segundos!rs Entao ao mesmo tempo que sonho em um dia conhecer a Australia, eu sempre acabo desejando mais ir a  Nova Zelandia por todo esse perigo aqui e ali. Imagina ir numa praia linda, num calorao e nao poder entrar na agua porque tem tubarao , agua viva fatal e ate jacare! Sim tem ate jacare no mar australiano. Mas esse eh um preconceito que um dia quero quebrar com prazer!

Cruzeiros

Sim amigos, eu nunca na vida cogitei fazer cruzeiro. Na minha viagem ao Egito fiz um cruzeiro, mas como aquilo está mais para passeio de barco, e no Egito foi tudo diferente do que estou acostumada, não conta.
A idéia de ficar presa num lugar nao me agrada. E a ideia de ficar um dia em cada lugar me desagrada ainda mais! Nao da para conhecer um lugar num dia soh. Sem contar que a única coisa que consigo visualizar são velhinhos ricos por todos os lados.
Confissao: como balzaquiana casada há mais de 7 anos e pressionada de todos os lados para ter filhos que sou, tem algumas coisas que eu guardo para experimentar depois que tiver filho(sem S) pois sei que serao inevitaveis.Talvez cruzeiro seja uma delas. Nao que eu va virar outra pessoa se tiver filhos, mas imagino que por algum tempo ferias seja somente significado de descanso. E para voce ter descanso, o filho vai ter que te dar descanso. Entao ir para os Himalaias fazer um trekking por exemplo nao vai ser exatamente a viagem ideal!Mas sei que ha uma infinidade de tipos de cruzeiros, e por exemplo um cruzeiro para Antartica deve ser um sonho.

Resort

Eu devo esclarecer que sou um misto de mochileira com viajante. Diria que sou uma mochileira balzaca tipica. Que ainda topa algumas aventuras, ainda fica em albergue,ainda viaja de low cost mas que tem algumas poucas exigencias.  E minhas exigencias NUNCA incluem um 5 estrelas, pelo simples fato de que para isso terei que abrir mao de outras coisas que sao muito mais importantes para mim.Portanto Resort para mim eh um dinheiro no lixo, ja que geralmente o hotel so me serve para dormir e tomar banho! Sem contar que Resort significa uma coisa meio plastificada na minha cabeca. E por fim , os mesmo motivos de pre e pos filhos listados acima servem para o Resort.

Preconceitos ja quebrados

Tour

So de ouvir a palavra excursao eu sentia coceira. Tanto uma viagem inteira com uma excursao quanto tour diario. Mas ao longo do tempo,fui aprendendo a fazer tours. Tour diario as vezes eh inevitavel. Principalmente porque eu e o marido nao temos carteira de motorista(uma das muitas excentricidades do casal!) e isso impede viagens independentes em paises com transporte publico mais precario. E tambem, com carteira de motorista ou nao, tem paises que as estradas sao ruins e dirigir nao eh uma opcao, ou o tempo eh tao curto que o unico jeito de ver tudo com os dias disponiveis eh um tour. Ja fiz uns tantos tours diarios, e uma viagem toda, para o Egito. Eu vou falar sobre ela aqui. Foi uma viagem incrivel e praticamente impossivel de fazer no tempo que fizemos de maneira independente, mas a agencia eh maravilhosa e especializada em jovens. Por isso os tours deles sao otimos e se encaixaram bem no que pensavamos. E se eu tinha algum preconceito em relacao a isso, depois dessa viagem ao Egito, acabou! Gente, pacote eh bem diferente de tour e quanto a este eu nunca tive preconceito. Eu muitas vezes me referi a pacote como tour, mas eles sao diferentes e vale destacar essa diferenca.Pacote eh quando se compra o hotel e voo,e algumas vezes o transfer tambem, mas todo o resto eh feito de maneira independente. Tour eh uma excursao propriamente dita!

USA

Me sinto tao ridicula confessando isso! Porque num pais tao enorme quanto os States tem para todos os gostos. Eu ainda nao conheco, mas o meu preconceito era principalmente porque eu pensava em compras e gastacao quando o papo era Estados Unidos. E por mais que uma compra ou outra as vezes acontecam nas minhas viagens, esse nunca foi um fator determinante para escolher um local que quero conhecer. E talvez por ja morar numa selva de pedra, sempre me enche os olhos ir a algum lugar que tenha natureza e muito longe do mundinho capitalista, por mais que isso seja pura hipocrisia! Hoje em dia sonho em conhecer New Orleans e toda sua historia e influencia no mundo da musica, o Grand Canyon e tantas outras belezas naturais que o pais oferece e ate Las vegas por mais tipicamente americano que seja. Preconceito ja quebrado antes de ir!

Lugares que praticamente viraram colonias

Uma coisa que aconteceu em muitas , mas muitas cidades/ilhas espanholas, portuguesas, gregas, etc. As Ilhas Canarias sao um exemplo classico disso. No caso destas ilhas, os ingleses invadiram de uma tal maneira que mais parece uma colonia inglesa.Esse eh um dos motivos pelo qual eu nunca tive vontade de ir a Ibiza. Por mais lindo que seja eu so consigo imaginar um bando de ingles bebado numa praia espanhola. Panico!A ilha eh espanhola, o idioma oficial eh espanhol, tudo eh teoricamente espanhol, mas na pratica nao!Tem pub irlandes, fish & chips, e ha quem fique muito p da vida quando nao eh atendido em ingles. Ah??? Eu fui numa ilha grega assim e nao me impediu de amar e me apaixonar pelo local, mas deu muita tristeza ver que a ilha perdeu totalmente a identidade para os ingleses. Tudo eh voltado e feito para eles! E tem muitos lugares assim que mais parecem colonias alemas, italianas, etc. Acho bem triste e mesmo sabendo que se pode aproveitar muito , depois da minha experiencia na Grecia, penso 2 vezes antes de ir a um lugar com estas caracteristicas!

Eu devo ter mais varios outros preconceitos bestas de viagem, assumo, mas estes sao os principais! Mas nao sou a unica, isso tenho certeza! E voce , tem algum?

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “Preconceito de viagem-voce tem ?

  • outubro 27, 2012 a 12:41 pm
    Permalink

    Adorei esse post Lili!!!! Verdade pura!
    Sempre tive preconceito com BsAa tbm e vou quebra-lo em duas semanas! Vou fazer escala no caminho para Patagônia e ficarei 3 dias lá. Depois te conto se vale a pena ou não!

    Resorts eu já quebrei, mas tdos eles a trabalho e de graça. Vale a pena sim, mas também acho q é um dinheiro bem investido para quem tem filhos.
    Quebrei o preconceito de Milão, mas só na segunda vez e precisei do verão para isso! Hj gosto muito de lá com qlqr clima.
    Quebrei o preconceito dos ônibus vermelhos de turismo, semana passada andei pela primeira vez no Porto. Como eu tive pouco tempo, foi uma ótima opção pra ir em tdos os lugares q eu queria, tem suas vantagens!!

    Sempre tive e ainda tenho muito preconceito com SP, já fui várias vezes e tenho mtos amigos lá, mas ficar sozinha em SP é sinônimo de pânico para mim!
    Paraguai é um lugar q não tenho vontade de ir, penso só em uma 25 de Março gigante. Rs Pura ignorância, mas é preconceito né!?

    E preconceitos criados depois de ir??? Pra mim Guangzhou é um deles! Não sabia nada de Guangzhou antes de ir e não gostei nem um pouco. Tenho um trauma de lá… espero que um dia consiga quebrar!

    Responder
    • outubro 27, 2012 a 1:21 pm
      Permalink

      Fabi, to aqui morrendo de rir da 25 de Março gigante. Fui lá criança e era assim mesmo,hahaha. Mas com certeza o país tem mais a oferecer. E aproveite a viagem à Patagônia, que delicia. Não tem como não amar!!!

      Responder
  • novembro 26, 2013 a 3:28 am
    Permalink

    Muito legal o teu blog, parabéns!
    Pretendo quebrar o preconceito relativo aos EUA em abril de 2014. Na minha cabeça também vem a mesma coisa quando penso nos EUA: compras, deslumbramento, consumismo, tudo o que não curto, ainda mais em viagem! Mas me derreto quando vejo as fotos do Grand Canyon, e meu marido foi a Chicago a trabalho mês passado e gostou muito, então estou suuuuuuper otimista com a viagem!

    Responder
    • novembro 26, 2013 a 4:35 pm
      Permalink

      Carol, obrigada! Fico feliz que tenha gostado do blog. Eu ainda não tive oportunidade de conhecer o USA mas acho que já superei o preconceito. Já me imagino conhecendo vários lugares, e curtindo sem neuras. Bobagem isso né?

      Responder
  • março 28, 2015 a 1:44 pm
    Permalink

    O post é bem antigo mas não pude resistir à vontade de fazer o comentário pois me identifiquei muito com a parte do “preconceito com os USA”! Eu sempre dizia: “último lugar que quero ir, só depois que tiver conhecido muuuitas outras coisas que quero”. Claro que, como surfista, a Califórnia me encantava e eu queria conhecê-la, mas o fato de ser nos USA ainda me trazia todo o preconceito do consumismo, compras, selva de concreto, etc. E sei lá como mas acabei indo para lá na minha segunda viagem para fora do Brasil, tive a oportunidade e fui. Acabei me apaixonando não só pela Califórnia, mas pelo american way of life. Achei o clima ótimo, as pessoas educadas, os deslocamentos super fáceis (de carro, claro), a organização, tudo! Todo aquela facilidade traz uma sensação de viagem relaxada, mesmo com tanto concreto, praias patroladas e tudo tão “certinho”, inclusive as árvores estrategicamente paralelas e os caminhos de concreto para chegar até quase a beira da praia. É aquela coisa difícil de explicar, simplesmente me senti muito bem estando lá. Enfim, gostei tanto de lá que depois fui para o Texas com meu pai e quero voltar inúmeras vezes aos Estados Unidos para conhecer os parques nacionais, estaduais, as praias da costa leste, o deserto e tudo o mais que tiver direito! Adorei o post pelo fato da reflexão que pude fazer sobre meus próprios preconceitos de viagem! O meu preconceito atual é, justamente, a Europa! Que pra mim é (ou era) “coisa de velho”, ver coisa velha eu posso ver quando ficar mais velho. Porém, já estou tentando me livrar desse preconceito e pretendo lutar contra minha vontade de ir apenas para a Califórnia (é bem difícil resistir a isso!) e abrir a possibilidade de encontrar um lugar que eu goste tanto ou mais do que os USA, pois percebo que meu preconceito com a Europa pode estar me limitando a descobrir coisas possivelmente muito boas (com exceção das capitais super turísticas, tipo Paris, para estas eu ainda não estou preparado, o preconceito fala mais alto e é tanto que eu acho que não curtiria, simplesmente pelo fato de colocar na cabeça que não vou gostar, e isso limita as coisas). Obrigado por ter escrito este post tão legal, ri bastante com a parte da Austrália pois tinha falado isso esta semana para minha namorada! kkk

    Responder
    • março 30, 2015 a 12:57 pm
      Permalink

      Felipe, eu escrevi esse post ha anos mas ainda não fui ao US, acredita? Mas já superei e sei que é bobagem, um país tão grande tem opção para todos os gostos, certamente. Os parques nacionais por exemplo devem ser maravilhosos e ate a perfeição e extrema organização de algumas cidades tem seu charme né? Obrigada, fico feliz que tenha curtido o post!

      Responder
  • Pingback: 5 razões para visitar cidades “exóticas” ou pouco conhecidas | Catálogo de viagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.