Split

Desde que um casal de amigos foi a Croácia e voltou encantado(la atrás em 2006) e com lindas fotos tenho vontade de ir. Mas como antigamente os voos eram limitados, essa viagem foi ficando para depois. Ate que as low fares aderiram o hype e abriram diferentes rotas Londres-Croácia. Desde o verão de 2010 que coloquei na cabeça que iria visitar o país e ponto final. Como não rolou em 2010, em 2011 aproveitei a desculpa da vinda da minha prima  e resolvi que era para Croácia que iríamos com ela e o namorado. Para minha tristeza, e do meu bolso também, a viagem que incialmente seria em junho acabou acontecendo em pleno auge do verão europeu, em Agosto!  Esta é uma ótima época para curtir o calorzinho croata. O problema é que muita gente tem a mesma idéia e algumas cidades lotam!  O país faz calor no verão, mas nem tanto em outras épocas. Conheço gente que foi em maio e achou não estava quente o suficiente para curtir uma praia.Lembrando que em algumas cidades espanholas e italianas por exemplo, nesta época já está uma temperatura ótima! Então no final das contas foi bom ter aproveitado o clima da alta estação. A vantagem da alta também é que , apesar de todo bafafá em cima do país, muita coisa fecha fora da alta estação , principalmente nas ilhas. Quem encara uma ilha que só tem praia no frio?  Os ferries pelo que li também mudam a frequência e os horários fora do verão e ficam bem escassos. Em compensação os preços do verão são infinitamente maiores do que nas outras estações. Principalmente se você, como nós, reservar tudo sem uma antecedência razoável. Pagamos o dobro nas passagens mas como a Croácia não é cara, exceto Dubrovnik , valeu a pena!

Desembarcamos em Split. Não tenho muito a dizer sobre a cidade. Só curtimos uma feirinha que rola perto da Marina a noite, muita gente andando , aquele clima de cidade de verão. A intenção era ver um pouco de Split na volta de Plitvicka, mas acabamos optando por chegar mais cedo na ilha e pular Split. Geralmente sou a chata que quer ver tudo mas  nem doeu muito, pois nossa vibe era muito mais praia e natureza do que ficar entrando em castelo e igreja. A hospedagem em Split foi maravilhosa, e tenho obrigação de falar aqui. Aliás, palmas para a rede hoteleira croata.Tenham em mente que a viajante aqui só fica em hotel simples, aluga apartamento, fica em albergue, tudo nessa linha. Mas todos os lugares onde ficamos foram ótimos, limpos, atendimento bom, e exceto Dubrovnik, preços excelentes. O hotel em Split era um misto de Apartamento com pousada. O nome é Vila Mima. Alugamos dois quartos com banheiro e uma espécie de mini cozinha. Os quartos ficavam no subsolo da casa, e era praticamente um apartamento pois o subsolo era só nosso e os quartos eram separados por uma porta somente. Tinha uma mini varandinha também(sim,no subsolo!)No caminho para os quartos havia um  vinhedinho e uma mini horta.Estou descrevendo porque não tenho fotos, para variar. Adoro foto mas tenho preguiça de ficar só tirando foto, confesso. A senhora, que falava nadica de inglês mas tentava se comunicar de todo jeito, nos disse(pelo menos foi o que entendi nos gestos) que podiamos comer a vontade  as uvas e tudo mais da horta-pomar.  E lógico que comemos bastante uva, e estava uma delícia! Estávamos de carro, mas não era longe do centro, só não sei como era o transporte público para lá. O casal dono era uma fofura muito grande, não tem nem como explicar. A mulher olhava para mim e ria, pegava no meu cabelo e falava Liliana, que bella e para minha prima a mesma coisa, Catarina, que bella. Ela deve ter achado engraçado duas brasileiras com nomes italianos. E foi demais eles sem falar nenhum idioma que a gente entende tentando se comunicar de qualquer maneira. Outra vantagem do hotel,é que para quem vai de carro tem espaço de sobra para estacionar na rua, apesar de ser numa Avenida movimentada. Estacionamos bem em frente! Isso é uma coisa ótima pois em Dubrovnik é um problemão e a grana que pode ir em estacionamento é algo de outro mundo. Perto da Marina de Split, que eu idiotamente chamo de centro, também é bem complicado estacionar então se for alugar carro e se hospedar nessa região atentem para este detalhe.

Logo depois de nos instalarmos no hotel,fomos dar um pulo na praia, que não é exatamente praia, vai. Mas foi ótimo ter um gostinho de mar, sentir que estávamos de férias, tomar uma cerveja e ver o sol se por, tudo junto!

O mar de pedrinhas tem suas vantagens. A água é cristalina!

Na volta “pedimos” uma sugestão de onde comer, numa tentativa de comunicação que variou entre português, inglês e italianao macarronico. Deu para entender as instruções do dono dizendo que deveriamos comer no Restaurante Adriana e lá fomos nós.Adriana significa mulher de Adria, e por causa do Adriatico tem muita coisa com este nome por lá portanto não se espante se encontrar milhões de restaurantes e hotéis Adriana. Este restaurante é no Hotel Adriana e leva o mesmo nome. A especialidade deles é frutos do mar e peixes, lógico! E é uma delícia mesmo. A comida não foi das mais baratas, nada absurdo não, mas comemos por bem menos na Croácia, o atendimento também não foi lá essas coisas, mas para quem não queria perder tempo procurando um lugar valeu.

A localização dele é ótima, bem na frente da Marina/Porto, o que facilita as coisas para quem vai ficar somente uma noite no lugar.

Alugamos o carro com a Avis e pegamos no aeroporto de Split, pagamos 410 pelos 6 dias e o único adicional foi o motorista extra, que já nem lembro quanto foi, mas foi barato. Acredito que poderíamos ter consigo algo por menos, mas Avis não tem muito erro e nào queria arriscar.Também deixamos para reservar uma semana antes e já não tinha muita opção. Recomendo eles por não terem  os famosos extras que aparecem do nada na hora de fechar o aluguel.Pagamos por um carro econômico 2 portas  e acabamos com um bem melhor sem extra algum. Entregamos o carro no aeroporto de  Dubrovinik e foi bem tranquilo também.

Na volta dos lagos, já fomos direto para a balsa. Era mais ou menos 13:00  e a balsa sairia as 14:30. Já tinha gente na fila! Deixamos o carro na fila e corremos para a praia de Split. Não a mesma que tinhamos ido no primeiro dia, uma de areia mesmo. Bem muvucada, uma confusãozinha básica de gente, todo mundo meio expremido no pouco espaço, mas valeu ter dado um mergulho depois de algumas horas de estranha e antes de encarar outras horas no ferry!

Nos próximos posts vou falar de Lagos Plitvice,Hvar, Bol e Dubrovnik .

E neles, principalmente no dos lagos, terá muita muita foto para compensar!

Fotos de  Antonio Almeida e Catarina Carneiro

 

 

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

3 comentários em “Split

  • Pingback: Split- Hvar/ Hvar -Dubrovnik « Catalogo de viagens

  • junho 10, 2017 a 2:54 pm
    Permalink

    Lili, não entendi direito se chegou em split a tarde, pernoitou no apto. e foi conhecer a cidade ainda pegou uma praia de pedras. Você permaneceu em split mais uma noite e dedicou o dia inteiro no dia seguinte?
    Até agora minha viagem está:

    17. 09 zagreb – pernoite
    18.09 zagreb – lagos – zagreb
    19.08 zagreb – split (onibus chega as 14hs.)
    20.08 split – passeio as ilhas dia inteiro (Viator)
    21.08 Split – Hvar – Split – aqui é que surge minha duvida. Se devo fazer este bate e volta ou ficar em split fazer outro passeio de barco BOL / BRAC /HVAR, pois no dia seguinte já quero ir para Dubrovnik (saindo de split ou de hvar – lembrando que vou de ônibus e viajando sozinha)
    22.08 Hvar / Split – Dubrovnik

    Pode me ajudar?

    Responder
    • junho 23, 2017 a 6:47 pm
      Permalink

      Jacqueline, fiquei uma noite em Split, no dia seguinte peguei uma praia e fui para Hvar em seguida. Mas foi corrido. Deveria ter ficado pelo menos 2 dias lá. Eu acho que voce deveria ir a Bol só. Tá corrido. Pelo que entendi voce quer ir a Hvar e Bol, é isso? Acho correria.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.