A novela da hospedagem em Sofia

Fora aquele probleminha na Turquia, me considero até uma pessoa de sorte em viagens.
Mas toda viagem, por mais planejada que seja, está sujeita a um imprevisto. E em Sofia aconteceu um conosco. Alugamos um apartamento, não exatamente no centro, mas a 15 minutos caminhando. O apê era grande, lindo e muito muito barato.
Vinte libras a diária. Repito, VINTE!!Por um apartamento de 2 quartos, sala, cozinha e banheiro.
Wifi, tv com milhares de canais, etc. Bom demais para ser verdade? Sim! Temos o costume de alugar apartamento porque temos mais liberdade, sentimos um pouco de como vivem os locais, podemos cozinhar e experimentar ingredientes locais(o que além de bom, barateia a viagem) e tudo isso costuma ser o preço de um quarto privado em albergue.
Geralmente os melhores apes nao ficam 100% centrais, mas  sao garantia de sucesso e preço bom em qualquer cidade. Chegamos bem cedo em Sofia e a intenção era deixar as coisas no hotel, tomar um banho rápido e sair para conhecer a cidade. De acordo com o booking o check in era 12:00. E ao meio dia o apê não estava pronto. O dono nos pediu para voltarmos as 14:00. E nos disse que não se importaria de maneira alguma se cancelássemos, não cobraria nada por isso. Olha o golpe! Fomos almoçar e na volta, nada. Resolvemos sair andando pela cidade mesmo assim e voltar só mais tarde. Pois ao chegar lá ele nos deu a triste noticia que por causa de um overbooking nós não poderíamos ficar lá no sábado. A solução dada foi não nos cobrar a diária daquela noite e reservar a noite seguinte um hotel próximo  que custaria o mesmo que pagaríamos nas 2 noites de aluguel do apartamento. Ele ainda disse que nos levaria até o hotel de carro. Mesmo assim foi chato. Queria ter ficado no apartamento, era muito fofo e logicamente mais interessante do que o hotel. Mas apesar da chateação,não saimos no prejuízo e ele fez o certo e ainda nos levou na estação de ônibus depois do check in no hotel, de onde fomos para Plovdiv passar o dia. Mas enganar malandro brasileiro é dificil, e  juntando as peças  achei que ele nos deixou esperando na chegada para desistirmos mesmo e procurarmos outro local sem que ele precisasse fazer nada. E vendo que não teve jeito, acabou tendo que arcar com o prejuízo. Mas se ele sabia desde o começo, ele tinha obrigação de ter nos contando ao invés de fazer esse jogo todo. Perdemos algo precisoso numa viagem, tempo! Sem contar que eu acho que não teve overbooking coisa nenhuma. Era feriado na segunda e terça seguinte a nossa ida a Sofia, e tive a impressão que ele queria mesmo era não ter essa obrigação de fazer check in e check out e cuidar dos hospedes  para poder viajar, já que os aluguéis não são o ganha pão dele, e só um extra.
Enfim, fica dificil recomendar esse apartamento.Acho que a atitude pos problema dele foi certa, mas ele errou nao sendo verdadeiro desde o inicio. Ele disse que iria parar com esse tipo de negócio, mas pelo visto foi outro cao, pois o site deles ainda esta no ar. Quem achar que o risco vale a pena, o site é este. Aluguei pelo booking.com, mas nao consegui encontrar o apartamento por lah.  Quanto ao hotel que acabamos dormindo de sábado para domingo, achei ok. O nome dele eh Hotel Lozenetz, um 3 estrelas daqueles mais antigoes, porem limpo, com café da manhã até digno para padrões europeus, eu ficaria lá de novo.
Dá para ir andando para o centro, uns 20 minutos de caminhada e foi baratinho, 40 libras a diaria do casal.
Se andar não for sua praia,  taxi em Sofia é super barato e de lá para as principais atrações não dá mais que 10 minutos com  transito .  No fim, tudo deu certo. Mas tenho certeza que a nossa postura fez com que o problema fosse resolvido da melhor maneira. Fomos  educados, simpáticos  mas firmes no sentido de : o problema é seu e não meu, resolve lá meu filho! Falar mais alto, se descabelar e ser grosseiro não funciona nessas horas(e em nenhuma outra). Mas não é porque tenho educação que vão me fazer de boba, sou cliente e tenho direito. Lógico que só essa atitude não resolve problema sozinho, mas ajuda!
Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

2 comentários em “A novela da hospedagem em Sofia

  • novembro 24, 2016 a 5:29 pm
    Permalink

    Olá, Liliana!

    Que massa esta aventura pela Bulgária, apesar de certos “perrengues”, mas fazem parte” 🙂

    Gostei do Blog… Estou me aventurando neste mundo de blogueiros também… Eu e meu marido moramos em Praga por quase três anos e agora estamos aqui em Portugal-Porto! Amamos viajar também, e muitas histórias para contar sempre!

    Abraços,
    Gisele

    Responder
    • dezembro 7, 2016 a 11:15 am
      Permalink

      Massa, Gisele! Ter blog é um prazer imenso. Dá trabalho mas é bacana!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.