Vale dos Reis e Templo de Hatshepsut

Depois de vê-lo de cima, era hora de conhecer o Vale dos Reis e o templo de Hatshepsut de perto.

A começar pelos Colossos de Mêmnon!

O Vale dos reis foi o lugar mais impressionante para mim no Egito. Primeiro porque eu não esperava nada dele, e depois porque é no Vale dos Reis que a gente tem a chance de ver o Egito com cores! Os templos e pirâmides egípcias são impressionantes, mas um ponto que todas elas tem em comum é a cor de areia. Todas as construções importantes que vimos até aquele momento não tinham cores. Também pudera, impossível manter qualquer cor com aquele sol a pino somado aos muitos anos de existência. E aí que mora a diferença nas tumbas do Vales dos Reis. Por serem todas não expostas ao sol esturricante do Egito, as cores das tumbas foram preservadas. E eu não esperava ver tumbas tão coloridas! Algumas menos que as outras, mas todas com decorações com mais de uma cor pelo menos. Lógicamente por causa disso fotografar dentro das tumbas é proibido. A maioria é no subsolo, mas algumas são no meio das pedras. Todos impressionantes e algumas bem sufocantes pela ausência de circulação de ar.

Um dos mais famosos faraós, pelo menos para nós, foi Tutancamon. O que muita gente não sabe é que essa fama vem unicamente do fato de sua tumba ter sido uma das poucas a ser encontrada praticamente intacta. Ele não foi um faraó super importante e reinou dos 10 aos 19 anos quando morreu sem deixar herdeiros.

Outra coisa bacana do Vale dos Reis é ver de perto e de maneira mais intensa a importância que os egípcios davam a vida após a morte. Na verdade eles viviam para se preparar para a morte, e acreditavam que se levassem para seu túmulo suas riquezas teriam conforto na vida após a morte.

Depois fomos ao Templo de Hatshepsut, uma das poucas faraós do sexo feminino do Egito antigo!

Foi nesse templo que aconteceu o Massacre de Luxor quando 62 pessoas, a maioria turistas, foram executados por terroristas islamicos e deixou uma marca eterna no turismo do país. O templo foi reconstruído e sofreu alterações indesejadas por erros em sua restauração.

Esse foi um dia e tanto na nossa visita ao Egito. Começou nos céus, e acabou num lugar tão especial. Fica muito dificil escolher algo que mais gostei nessa viagem pois tudo foi muito especial, mas o Vale dos Reis vai ficar marcado como o lugar que mais me surpreendeu no país.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

5 comentários em “Vale dos Reis e Templo de Hatshepsut

  • novembro 5, 2012 a 2:47 am
    Permalink

    É impressionante como vc nos leva em sua viagem…me sinto ao seu lado lendo seus comentários…bom pra conhecer um pouco dos lugares e da sua sensação e bom também pra matar a saudade.

    Responder
    • novembro 5, 2012 a 4:22 pm
      Permalink

      Obrigada, flor! Fico feliz em levar vcs nas minhas viagens de alguma maneira. Bjs!

      Responder
  • Pingback: Complexo de Karnak | Catálogo de viagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *