Abu Dhabi e o subcontinente indiano, o roteiro

Este ano queria aproveitar os dias de férias que sobraram para fazer uma viagem mais longa que o normal e especial.
O plano inicial era ter ido para o Vietnã, Laos e Cambodja.Achei uma passagem num ótimo preço, tudo estava certo na minha cabeça, até o roteiro, mas quando fui comprar a passagem… o preço tinha dobrado! 48 horas depois!!!
E eis que numa das buscas para um destino BBB vi que a Etihad Airways estava com promoção para o alguns paises do Subcontinente indiano.
Conhecer a India sempre foi um sonho assustador para mim. Eu achava que nenhum viajante estaria verdadeiramente completo sem conhecer aquele país. Mas ao mesmo tempo tinha muito medo de odiar e me ver no meio de um pesadelo sem poder sair. Talvez por isso mesmo decidi acrescentar Abu Dhabi, Nepal e o Sri Lanka no roteiro. Assim se fosse muito ruim na India eu teria outros lugares para ser feliz na outra metade da viagem. Abu Dhabi é um local que não tinha a menor vontade de conhecer. Dubai, Abu Dhabi e esses lugares sofisticados estão no final da minha lista de desejos. Não por achar que são lugares sem alma, nada disso. Mas não tem nada a ver comigo. Incluí simplesmente por uma questão de facilidade. A possibilidade de parar na cidade sem encarecer a passagem foi tentadora e resolvi dar uma chance aos Emirados Árabes.
united-arab-emirates
Qualquer voo daqui para a Ásia pela Etihad faria uma parada em Abu Dhabi mesmo que fosse uma rápida conexão, então resolvi colocar 2 noites na cidade, que para mim seria mais do que suficiente. O Nepal entrou na dança porque não fazia questào de conhecer Delhi, mas fazia questão de conhecer Varanasi. E não fazia o menor sentido descer em Delhi, ir a Varanasi para depois voltar a Delhi para ir a Agra, e seria mais complicado ir de Varanasi para o estado do Kerala, onde também faria questão de visitar. Em contrapartida, ir a Varanasi de Kathmandu fazia todo o sentido logisticamente falando e ainda incluía um país que nào estava nos planos no roteiro! O Sri Lanka eu sempre quis conhecer por causa das praias. Uma amiga minha morou la, inclusive durante o Tsunami, e as fotos dela pre Tsunami eram lindas e mostravam tudo que eu amava num pais. Praias lindas(e com ondas!), coqueiros e mais coqueiros, vida sem pressa, sorrisos largos. Achei também que seria essencial um descanso pé na areia depois da loucura indiana. E no fim ficou assim: a nossa passagem saia de Londres, parava em Abu Dhabi por 2 dias e terminava em Kathamandu. No Nepal ficamos míseros 4 dias. O  voo de Kathmandu para Varanasi foi pago separadamente, e a única companhia que fazia a rota sem conexão é a Air India, e não tem voo todo dia, entao 4 dias foi o que deu para encaixar. De Varanasi iriamos para Agra de trem noturno, de Agra para Jaipur também de trem, e de Jaipur para Kochi no estado do Kerala de avião. No Kerala a única coisa que eu fazia questao era ir a Fort Cochin e ir a Allepey para pegar a casa barco, mas não tinhamos roteiro definido. De lá iriamos ao Sri Lanka, onde ficariamos uma semana. O plano era ficar metade do tempo numa praia e metade em outra.
map indian subcontinent
Resumindo:
Abu Dhabi 2 dias
Nepal- 4 dias
Varanasi-4 dias
Agra 1 dia
Jaipur -3 dias e 1/2
Kerala 6 dias
Sri Lanka- 7 dias e 8 noites.
3 dias de deslocamento
No posts de cada cidade vou falar melhor como cheguei a conclusao de quantos dias em cada lugar, e se realmente foi o suficiente.
Mas já adianto que no geral, dentro do tempo que tivemos para toda a viagem(1 mes) acho que conseguimos fazer tudo sem muita pressa. E sem dúvida para ter uma viagem bem sucedida nesta região é essencial que não se tenha pressa. É como viajar com crianças. Se voce acha que em 1 dia consegue ver tudo em determinada cidade, coloque 2, ou se você só tem um dia mesmo priorize o que quer ver e não se estresse se não conseguir fazer tudo. Ninguém tem pressa nesses 3 paises do Subcontinente indiano que visitamos. E se você tiver o tempo extremamente contado você vai ser um alien perdido no meio de terráqueos. Você vai querer que as coisas acontecam, todo mundo vai te garantir que vai sair do jeito que eles te prometeram, mas no fim há uma enorme chance de nada sair como o planejado e você vai ficar p da vida. Resumindo é assim. Nos posts seguintes vou contar melhor sobre cada cidade e tudo que foi relevante para a nossa viagem ter saído tão especial e muito melhor do que pensávamos. Aguardem as cenas dos próximos capítulos!
Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

6 comentários em “Abu Dhabi e o subcontinente indiano, o roteiro

  • dezembro 14, 2012 a 2:56 pm
    Permalink

    Já falei mas vou repetir: essa sua viagem me surpreendeu e muito! Fiquei realmente encantada e fez a India subir muitos pontos na minha listinha.
    Adorei acompanhar pelo Instagram + Twitter e agora aguardando os posts.
    Beijos

    Responder
    • dezembro 15, 2012 a 12:12 pm
      Permalink

      Carlinha, fico feliz mesmo que minha viagem tenha surpreendido. Confesso que por causa de todo o planejamento, eu achava que já sabia o que nos esperava, mas me enganei. Acabei me surpreendendo muito também! bjs

      Responder
  • Abril 3, 2013 a 2:44 pm
    Permalink

    ola! sera que poderia me dizer se foi tranquilo descer na conexao de abdu ?

    Responder
    • Abril 10, 2013 a 9:54 am
      Permalink

      Larissa, foi super tranquilo. Houve um tempo que Abu Dhabi nem pedia visto para paradas de até 2 dias, nao sei como esta agora. Eles facilitam tudo para o turista pois querem mais visitantes no país e principalmente neste Emirado que é bem menos do conhecido que Dubai. Se tiver mais duvidas é só falar!

      Responder
  • setembro 18, 2013 a 4:25 am
    Permalink

    Olá !!!!!

    Uma pergunta por gentileza! Você compra os pacotes em alguma agência ou programa tudo sozinha?? Beijo e fica com Deus

    Responder
    • setembro 18, 2013 a 6:58 am
      Permalink

      Fizemos pouquíssimas viagens de pacote e através de agencia. Gostamos de viajar de maneira independente, é o nosso estilo.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *