Emirados Árabes-Abu Dhabi, minhas impressões

Abu Dhabi é a capital dos Emirados Árabes Unidos e a prima desconhecida de Dubai, que é a cidade mais populosa do país, e o que realmente colocou os Emirados Árabes no mapa do turismo( e em todos os outros mapas!). Como já disse aqui, a única razão pela qual coloquei Abu Dhabi no nosso roteiro foi pela facilidade que a Etihad Airways dá de parar na cidade sem acrescentar nenhum centavo na passagem.

P1030583Isso também quebra a viagem cansativa de 11 horas com algumas muitas outras de conexao em 7 horas até Abu Dhabi mais 4 para o Subcontinente indiano. Eu não curto lugares sofisticados onde o foco são compras, luxo e riqueza. Por isso meu interesse pelos Emirados Árabes era zero. Mesmo assim sabia que seria uma boa oportunidade para talvez quebrar mais um preconceito e principalmente para relaxar. Nós tiramos muitas férias pequenas este ano, mas as últimas que duraram mais de uma semana foi somente no começo de 2011, quase 2 anos atrás. Precisávamos muito de uma modormia. E para isso os Emirados Arabes são perfeitos. Como o Klaus já foi algumas vezes a Dubai a trabalho, já sabia mais ou menos o que esperar, e sabia só de uma coisa, nossa ida a Abu Dhabi tinha que incluir a estadia num hotel 5 estrelas! Somos mochileiros nada frescos e ficar num hotel suntuoso nunca está nos nossos planos, mas nos Emirados Arabes isso faz parte do pacote.

P1070764

O atendimento impecável e o luxo dos hotéis são uma atração do país, senão a maior. Então não faria nenhum sentido ir para lá e ficar num albergue, se que é que existe algum!A maioria das pessoas fica nos Emirados Arabes na volta da Ásia ao invés de na ida. Nós escolhemos ficar na ida para conseguirmos fugir ao máximo das monções no Sri Lanka, que em tese acabam em dezembro(e funcionou!). Acreditem, 2 ou 3 dias a mais de sol faz MUITA diferença para quem vive em Londres. A verdade é que foi um tiro certo no escuro. Primeiro porque Abu Dhabi foi bacana mas realmente eu estava certa, não tem nada a ver comigo. Segundo porque de novo eu estava certa, muita gente odeia a India, mas eu me apaixonei e voltei encantada então não precisaria de uma dose de civilização perfeita para voltar a realidade. Pelo contrário, do jeito que voltei zen, toda aquela pompa teria me causado um certo desconforto. Terceiro porque o que gastamos em 2 semanas na India não chegou ao que gastamos em 2 dias em Adu Dhabi e eu teria entrado em pânico se gastasse tudo aquilo nos 45 do segundo tempo. Mas enfim, você gostou ou não de Abu Dhabi? Sim e não. É complexo mesmo,hahaha. Achei que foi uma ótima experiência e não me arrependo.

P1070667

Agora até considero conhecer Dubai. Foi tudo que precisávamos para descansar. As pessoas foram muito educadas e simpáticas o tempo todo, mas não tivemos contato com ninguém a não ser quem trabalhava nos hoteis e restaurantes e a maioria deles é estrangeiro. Discordo que o lugar é plástico e sem alma como muita gente diz, não é isso. Mas a alma do lugar não bate com a minha, entendem? Não é a minha praia. Tenho sempre esse sentimento com lugares muçulmanos. E que fique claro, o problema não é deles, e sim o que eu sinto em relação a tudo isso. Sinto uma falta de liberdade enorme, tudo muito perfeito, e até mesmo o atedimento fantátisco me soa como uma repressão que obriga todo mundo a não errar. O fato de só termos ficado 2 dias dificulta, pois não tive tempo suficiente para realmente sentir o lugar e ter uma opinião sólida. Outro fator é que Abu Dhabi parece que ainda está em construção, porque de fato está. Outra coisa chata nos Emirados Árabes é que tudo acontece dentro dos hotéis. Bares, festas, praias, etc. E isso dá sim uma sensação de liberdade tolida. Ainda assim, por mais ambíguo que pareça, foi legal ter conhecido a cidade. Por mais mochileira que eu seja, também gosto de conforto e boa vida. O pessoal do hotel que ficamos foi muito muito, mas muito legal mesmo e isso ajudou. Também vimos muita coisa bonita como o por do sol no deserto e a maravilhosa mesquita Sheikh Zayed Grand Mosque, que só por si só já valeu a ida a Abu Dhabi.

P1030484

Outra coisa incrível foi notar que todo mundo(pelo menos que é turista) é bem atendido, sem exceção. Tomamos um café no hotel Emirates Palaces, que é um hotel 7 estrelas, e fomos de jeans. Mesmo assim fomos tratados como qualquer Sheik deve ser. Meu marido que já esteve nos em Abu Dhabi e Dubai garantiu que Dubai é mais interessante de maneira geral, mesmo sem uma mesquita como a Grand Mosque ou atrações turísticas típicas como um museu espetacular . Também tem mais opções de festas e bares, todos hoteis, para curtir a noite. No final das contas, acho que deve valer mais a pena ficar em Dubai mesmo, e fazer esse bate e volta para Abu Dhabi.Mesmo assim, fora o bancário, o saldo foi positivo e achei a experiência interessante. Vale lembrar também, que exatamente por ter muita coisa ainda em construção como um Museu do Louvre numa ilha, Abu Dhabi pode mudar bastante nos anos seguintes e virar um grande cidade turística.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.