Bhaktapur- Vale de Kathmandu

O  Vale de Kathmandu é formado por 3 distritos; o de Kathmandu, de Lalitpur e Bhaktapur. Quem tem tempo pode ficar muitos dias explorando só o Vale, que tem muito a oferecer, tanto culturalmente, quanto belezas naturais.

P1040065

Há 7 locais que são Patrimônio da Humanidade neste Vale. E sem dúvida alguma, Bhaktapur é um dos mais imponentes e importantes dos 7.

P1040084

Muito diferente do que sentimos em Kathmandu,Bhaktapur nos agradou logo de cara. Apesar de ter que pagar uma pequena fortuna de 1100 rúpias nepalesas por pessoa(12 dólares, que no Nepal é MUITO!) para entrar na cidade antiga , a tranquilidade do local contrasta com a loucura de Kathmandu e conquista facilmente. Leve a quantia em dinheiro pois eles não aceitam cartão e os caixas eletrônicos não são vastos na cidade. Perdemos pelo menos meia hora procurando um caixa que funcionasse. Os tuks tuks não entram na parte antiga, que por sí só já garante menos barulho e mais paz. Sem contar que lá está uma das 3 Durbar Squares do Vale. Quem já foi nas 3 garante que a de Bhaktapur é a mais interessante.

P1040050

Achamos que valeria pagar um guia e estávamos certos. Por 200 rupias(menos de 3 dólares)tivemos a companhia do guia por mais de 2 horas mostrando e explicando a cidade. Para quem quer aprender sobre o local e tem pouco tempo é essencial. Se eu tivesse mais tempo não teria ficado só isso. Mas o medo de encarar uma estrada nepalesa no escuro nos impediu de demorar o tempo que a cidade merecia. Dentre várias atrações interessantes da praça, uma chama atenção pelas esculturas eróticas, o templo Yaksheswor Mahadev.

IMG_8854

 

Apesar da fama e importância da Durbar Square, pelo que notei toda ação acontece mesmo é na Taumadhi Square! Era feriado e ela estava absolutamente lotada!

P1040143

Outra atração conhecida e bacana é a Pottery Square. Só vimos arroz , mesmo assim é bem interessante, faz parte do dia a dia deles.

P1040122

Bhaktapur fica a somente 12 kilometros de Kathmandu, o que não necessariamente significa que é rápido chegar lá. Existe um ônibus direto que sai de Kathmandu para lá e a frequência dele é grande, mas como queríamos ir a Nagarkot também, teríamos que trocar de ônibus na ida e na volta. Sem contar na aventura que é pegar um ônibus esburrando de gente, já que só tem ônibus público fazendo a rota e não ônibus exclusivos para turistas como para outras cidades. Já falei antes também que o trânsito do Nepal pode ser o inferno na terra, então imagina andar de ônibus com tempo contado nesse trânsito em pleno feriado?! Thanks, but no thanks. Perceba que na foto abaixo, tem uma pessoa subindo na parte de cima do ônibus, pois é lá que ele vai viajar provavelmente.

P1040023

Então contratamos um motorista para fazer o trajeto todo. Ele nos levou a Nagarkot passando por Bhaktapur, por 4 mil rúpias nepalesas, aproximadamente 45 dólares. O motorista nos levou a Bhaktapur, e aguardou nossa visita ao local, de lá seguimos para Nagarkot, onde dormimos uma noite e ele nos buscou no dia seguinte. Usamos a agência de turismo do guest house Potala, que foi onde nos hospedamos, pois gostamos do hotel e setimos firmeza no atendimento tanto deles quanto da agência. Ele chegou 1 hora atrasado em Nagarkot no dia seguinte, mas acho que é completamente normal no Nepal. Ele dirigiu bem e fez tudo que pedimos, o que foi o suficiente para nós. O carro não era nada moderno, mas não estava caindo aos pedaços como o taxi que pegamos no dia anterior. Acho mais seguro contratar um motorista através do hotel onde se está hospedado pois se algo der errado você sabe que eles estarão lá para ouvir sua reclamação e talvez resolver seu problema, se houver algum.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

5 comentários em “Bhaktapur- Vale de Kathmandu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.