Quando o dia nasce em Varanasi

Varanasi não é uma cidade com monumentos imperdíveis e  que tem um roteiro turístico obrigatório de igrejas e museus a serem visitados. Varanasi é uma cidade para sentir.

gangesnascerdosol7

Desculpem, mas  paz , amor e bicho grilismo aparecerão  bastante nesses posts sobre a Índia, paciência com a yogi que há em mim, plis. A grande graça da cidade é simplesmente andar a toa, observar as pessoas e ver como funciona a vida  à beira do ganges.

precevaranasi

Por isso fica muito difícil dizer quantos dias ficar por lá. Se é para ver o essencial, 2 dias dá e sobra, talvez até 1. Mas nós ficamos 4 e eu teria ficado mais sem dó. 3 programas não podem faltar para entender um pouco do que é a cidade: um passeio de barco, uma visita a beira do Ganges ao nascer do sol e ver a cerimônia que acontece todo santo dia no final da tarde. Nós fizemos dois passeios de barco, eu acordei cedo para ver o sol nascer  3 dias, e vi a cerimônia 3 vezes, cada uma de um lugar diferente.  Mas se você tiver que escolher  só uma, escolha passear nas primeiras horas do dia à beira do rio. Para quem tem mais  tempo , o ideal é  fazer um passeio de barco e um andando. No nascer do sol é a hora que tudo acontece(menos as cremações), a hora que melhor resume tudo que há de mais interessante para ser visto.  É quando as pessoas vão fazer suas preces, tomar o banho, vão receber as bençãos dos homens sagrados, fazem oferendas.

precevaranasi3

A cidade é de suma importância religiosa para os hindus, mas durante o restante do dia a religião se mistura com o dia a dia das pessoas. Naquela hora não. Nada mais existe, só Mother Ganga, que é como eles chamam o rio Ganges. E todos os problemas devem acabar ali, porque Mother Ganga vai resolver. Sem contar que é este o único momento que o impossível acontece. Varanasi se torna uma cidade bonita. Já ficou claro que amei a cidade, mas ela tem outra beleza. Não aquela que os nossos olhos enxergam. Mas sob aquela luz laranja do começo de um novo dia não há quem não consiga ver sua beleza.

P1040936

Um passeio de barco pela manhã garante um bom camarote para assistir ao nascer do sol e ter uma visão interessante das pessoas que estão dentro do Ganges. Recomendo se certificar a que horas o sol nasce antes de fazer o passeio de barco matinal. Porque a poluição, neblina ou sei lá o que, impedem que o sol apareça por um tempo.O dia fica claro, mas assim por um bom tempo, ó..

gangesnascerdosol13

Depois de um tempo ele aparecia timidamente…

gangesnascerdosol12

Dava os primeiros sinais que chegaria para ficar…

gangesnascerdosol11

Ate firmar e proporcionar um começo de dia majestoso.

gangesnascerdosol9

E não adianta perguntar aos donos de barco a que horas o sol nasce naquela época do ano. Eles vão falar que o horário é 5:30, invariavelmente, mas convém ter certeza disso antes. Quando estive la só se via o sol lá pelas 6. Pergunte ao turista mais próximo, ou ainda melhor, acorde cedo um dia, faça o passeio a pé e certifique-se você mesmo. Aliás, apesar do passeio de barco ser bem bacana, nada supera caminhar pelos ghats a esta hora.  Achei melhor pois diferente de olhar tudo de fora, você entra no cenário e acompanha tudo participando dele. Uma outra opção é ir de barco e voltar caminhando, tudo depende do tempo que se tem. Lembre-se que é essencial combinar o preço antes com o pescador e se possível marcar um dia antes para evitar que você fique logo nas primeiras horas do dia rodeado de 500 pescadores, cada um falando uma coisa diferente e oferecendo uma coisa com aquele jeitinho sutil que só o indiano tem de quase te obrigar a fazer o que eles querem, .Os hoteis oferecem um passeio geralmente para várias pessoas e bem mais caro do que direto com o pescador. Não caia nessa. Vá por sua conta, escolha seu roteiro e não divida o barco com trocentas pessoas, pagando menos. Mas lembre-se que como quase tudo na Índia, o preço depende do seu poder de negociação. Pela manhã, recomendo fazer o passeio entre o Dashashwamedh Ghat e o Kedar Ghat(ou até além dele), já que os crematórios não acontecem a esta hora e os principais ficam do lado oposto. E aproveite. Não é todo dia que você pode ver uma cidade que já acorda viva e pulsando como Varanasi.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

9 comentários em “Quando o dia nasce em Varanasi

  • Janeiro 29, 2013 a 11:15 pm
    Permalink

    Uaaaau! Lindíssimas as fotos, Lili!!

    E continuo com a mesma opinião, a India deve ser pura emoção! Ainda não tenho tanta coragem..

    Responder
    • Janeiro 30, 2013 a 1:04 pm
      Permalink

      Gostou? Que bom! A India é um turbilhão mesmo. E se acha que nao é para você, melhor nem ir. É preciso querer gostar mais do que qualquer outra coisa! Mas como ja disse muitas vezes, ninguém esta preparado. Mesmo achando que esta.x

      Responder
  • Janeiro 30, 2013 a 1:23 pm
    Permalink

    Lindas fotos mesmo! Varanasi é um experiência fantástica. E também achei a cidade linda, embora de um jeito diferente. Um dos lugares da Índia que mais tenho vontade de voltar. =)

    Responder
    • Janeiro 30, 2013 a 1:44 pm
      Permalink

      Varanasi foi a cidade que mais gostei, sem duvida. E quero um dia voltar. Acho que das que eu conheci, é a que melhor define a India.

      Responder
  • Janeiro 31, 2013 a 11:04 am
    Permalink

    Que cores lindas, Lili! Eu preciso deixar de ser preguiçosa e aprender a acordar cedo nas viagens. O nascer do sol sempre nos presenteia com lindas imagens, mas e a coragem de sair da cama? 😉

    Responder
    • Janeiro 31, 2013 a 11:33 am
      Permalink

      Camila, dormir faz parte das minhas ferias sempre, adoro! Mas é que Varanasi dorme cedo, e acabamos indo para a cama todos os dias antes das 10. E olha que somos super noturnos. Então ficou fácil acordar cedo!

      Responder
  • Pingback: Índia - 193 dicas de turismo | Domingão de Twittadas

  • Abril 25, 2016 a 1:27 pm
    Permalink

    Eu tenho muita vontade de conhecer a India, mas tenho muito medo devido à tantos casos de violência sexual…

    Será que mesmo indo acompanhada com minha família continua sendo perigoso?

    Responder
    • Abril 27, 2016 a 10:23 am
      Permalink

      Natasha, Não tenha medo! A India é um pais maravilhoso, e apesar desses problemas que realmente existem, eu não acho que você deva deixar de ir. Acompanhada da sua familia então, não tem problema algum. Só tenha alguns cuidados básicos, se vista de acordo com as pessoas do país e vai dar tudo certo! Eu não teria coragem de viajar sozinha por lá sendo mulher, mas isso é uma visão minha. Conheço muitas meninas que viajaram sozinhas para lá e não tiveram problema algum! Então vai sem medo, mas leia um pouco sobre os costumes locais e alguns cuidados basicos que você deve ter, e é isso!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *