Cuidados com a comida e bebida na India

A comida na India pode ser a melhor ou a pior coisa da viagem para muita gente. Isso porque além da culinária indiana ser extremamente peculiar e marcante, a falta de higiene coloca a India no topo dos países onde os viajantes mais sofrem com infecções intestinais, bactérias ou a famosa diarréia. Quando dizíamos que estávamos com passagem marcada para a India todos repetiam a mesma coisa: cuidado com a água e a comida. Ok, mas “qual cuidado além daqueles básicos que já temos em qualquer lugar??”pensava eu. Não beber água da torneira, não comer em qualquer lugar, tudo isso até vovó sabe que não deve fazer num país como a India. Acontece que mesmo com esses cuidados muita gente continua passando mal, e isso pode comprometer toda a viagem. Como nós saimos ilesos dos 15 dias que passamos pelo país, resolvi listar alguns dos cuidados que contribuiram para o sucesso estomacal da nossa viagem,rs.

IMG_3779

Muitas pessoas não estão acostumadas com o tempero indiano. Por isso chegam lá, enterrram a cara na comida e passam o dia seguinte no banheiro. Eu sou completamente apaixonada pela culinária indiana, agora ainda mais, mas sejamos sinceros, uma comida com 15 temperos diferentes, além de uma pimenta danada, está longe de ser leve. Então se seu estomago não está acostumado com essa profusão de sabores, a chance de passar mal, mesmo com uma comida sem bacterias, é grande. E falo isso de cadeira. Já passei mal com comida indiana feita por mim, com ingredientes frescos. Portanto minha primeira dica é, acostume o estômago! Até para você conhecer os pratos e saber o que pedir. A culinária indiana não tem só pratos super apimentados, inclusive os pratos com pouca pimenta são até meio doces. Mas é tudo muito saboroso e saber pedir ajuda bastante. Não tem restaurante indiano na sua cidade? Pegue uma receita online que você acha que pode gostar e arrisque. No mês anterior a nossa viagem comemos comida indiana pelo menos 1 vez na semana.

Uma coisa que tenho certeza que ajudou foi ter tomado probiótico. Tomei em capsula, um bem power, aliás tomo até hoje. É algo natural que até onde sei não tem contra indicação. Em todo caso não custa perguntar ao seu médico, até para ser orientada o quanto antes começar, quantos por dia, qual marca comprar, etc. Eu fiz isso quando fui ao Marrocos, que é outro lugar complicado para comer, e valeu a pena. Tomei nos dois casos uma semana antes de viajar e durante a viagem.

P1060172

Coma como os nativos. Até chegarmos ao estado do Kerala, onde grande parte é cristã e não é vegetariana, também não comemos nenhum tipo de bicho. Chegando lá comemos peixes e frutos do mar a rodo, porque é o que a grande maioria come. Para isso, escolhemos restaurantes mais bacanas. Já no norte da India só fomos a cidades bem turísticas onde não seria tão dificil achar frango, mas preferimos não comer. Carne de vaca eu não lembro de ter visto em cardápio nenhum no Norte, mas frango se acha em um restaurante ou outro. Mesmo assim, depois de ver as vacas, galinhas, porcos e macacos comendo lixo nas ruas, a última coisa que você vai querer comer é bicho. Até porque a maioria das pessoas não come o que aumenta a chance dos ingredientes não serem frescos. A não ser que a fonte seja segura, que o restaurante seja recomendado, não arrisque. E nao assuma simplesmente que o local é seguro para comer determinadas comidas simplesmente por ser um hotel 5 estrelas ou um restaurante caro. Prefira fazer isso nos quando há recomendação expressa de alguém que é seguro comer carne/salada por lá.

P1060527
Vá com calma. Nos primeiros dias nós só comemos em lugares recomendados, depois descambou. E quando íamos a lugar totalmente sem recomendação, pedíamos uma porção pequena, algum prato mais leve. Voltamos em quase todos os lugares e acho que só um restaurante serviu uma comida horrível. Dei duas garfadas e não terminei. Se acha que pode fazer mal, não arrisque.

As aparências enganam, mas nem sempre. Essa foi uma dica dos meninos do 360 meridianos( blog tem que ler para quem for a India) . Vá pela cara. Se parece podre é porque é. Mas isso não significa de maneira nenhuma que só fomos a restaurantes lindos e impecáveis. Lembre-se que para ser feliz numa visita a India é melhor desapegar dos padrões “normais de servicos, limpeza, etc. O que é um restaurante básico para eles pode ser o maior copo sujo da história para os nossos padrões. Então quando digo “vá pela cara” quero dizer, comparado com os outros restaurantes indianos.

IMG_4021

Entre os restaurantes simples, escolha os que estiverem cheios. Isso mostra que os ingredientes são mais frescos, a comida é gostosa e provavelmente o preço é bom.

Tente comer as comidas menos gringas possíveis e mais nativas. Vimos milhares de turistas em restaurantes tipicamente indianos pedindo macarrão chinês. Eu tenho minhas dúvidas se em restaurantes de família, daqueles bem indianos mesmo, alguém saiba fazer uma comida chinesa decente. Ou se, de novo batendo na tecla, os ingredientes são muito frescos por não fazerem parte da comida do dia a dia das pessoas. Para vocês terem uma idéia, tomamos um refrigerante que depois notamos que estava vencido. Pensa no tanto de tempo que dura uma coca cola antes de vencer? Mas pelo que notei nos restaurantes, 90% dos nativos toma a água grátis que os restaurantes fornecem(passe longe) ou tomam chá, que além do costume, deve ser mais barato.

IMG_4075

A mesma dica do frango serve para as saladas e bebidas que levam gelo. Eu diria para evitar salada e qualquer bebida com gelo. Foi o que fizemos. Salada e bebida com gelo em local recomendado, e mesmo assim se certifique no local que as saladas são lavadas com agua mineral e o gelo feito da mesma maneira. Pode parecer bobagem comer uma salada inocente, mas acredite, a maioria das pessoas cai nessa de achar que é algo leve e vai ser melhor do que um curry pesadão, mas antes um curry fervido a uma salada lavada com água da torneira. Dê preferencia a comidas bem quentes e que foram fervidas. Os chás indianos são deliciosos e geralmente servidos pelando. Portanto comida e chá morno, nem pensar. Devolva! Mas isso não aconteceu conosco em nenhum lugar.

IMG_3872

Pegue leve na cachaça. Nós somos apreciadores de uma boa e gelada cerveja, e apesar de termos tomado quase todos os dias um pouco, só exageramos uma vez na India. A comida deles é muito pesada e a combinação com álcool não ajuda. Quanto mais álcool, mais o estomago vai reclamar, pode confiar!

P1040744

Em relação a agua, não preciso dizer que só e somente só mineral, né? Por mais que fosse um pouco mais caro no hotel, preferíamos comprar água mineral onde nos hospedamos. Água adulterada é muito comum na India. Acho mais difícil um hotel correr o risco de se queimar por causa disso do que uma vendinha qualquer no meio da rua.

Sempre cheque o lacre das garrafas e dê preferência àquelas que além do lacre tem um plástico envolvendo a tampa. Quem quer adulterar água deve se preocupar com detalhes e não digo que isso garante que água é 100% segura, mas acho que deve sair mais caro fazer tudo isso e a possibilidade de alguém ter todo esse cuidado é menor. Pegamos uma água adulterada e foi muito fácil identificar. O lacre saiu inteiro na mão.

Também escovamos os dentes com água mineral. Pode parecer super duper exagerado, mas não doeu nada. Essa foi uma dica que o nosso guia nos deu no Egito e resolvemos seguir na India também. Essa pode ser uma dica mais dificil de cumprir se você pretende ficar um bom tempo pela India. Mas para quem tinha pouco tempo como nós, cada dia era importante e perder um dia passando mal não estava nos planos.

IMG_3292

Por fim, eu comprei um esterilizador de água, a steripen. Ele é ótimo e compacto, porém muito caro se for usado só para emergência como nós fizemos. Para quem for substituir a água de garrafa por água esterilizada vale a pena. Até porque isso dá a certeza que a água é segura. Ele usa a luz UV para esterilizar o líquido. Esse é um exagero que poderia ser mais útil se a pilha não acabasse tão rápido. Talvez eu devesse ter usado a de Litio ao invés da pilha recarregável. Para quem vai com crianças por exemplo, acho fundamental. Caso contrário é dispensável, usamos poucas vezes.

Tem quem faça tudo que eu fiz e mais um pouco e ainda assim passe mal. É a vida. Eu mesma já perdi 3 dias de férias do Brasil por causa de uma bactéria que a casa inteira pegou comendo em um lugar seguro e conhecido. Acontece, mas acho que alguns cuidados minimizam bastante a chance de ter um problema. Conosco deu super certo! Se alguém tiver mais dicas, serão bem vindas.

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

8 comentários em “Cuidados com a comida e bebida na India

  • Pingback: Culinária indiana- um guia básico | Catálogo de viagens

  • dezembro 28, 2014 a 8:42 pm
    Permalink

    Excelente! Amei ter achado teu blog, vou com bastante cuidado para lá e seguir suas dicas à risca!

    Responder
    • dezembro 29, 2014 a 10:53 am
      Permalink

      Ana,
      Obrigada! Espero que as dicas sejam úteis para você!

      Responder
  • Fevereiro 23, 2016 a 9:38 am
    Permalink

    Ótimas dicas, vamos com cuidado

    Responder
  • Abril 13, 2016 a 5:26 am
    Permalink

    É uma dica muito interessante.

    Aproveitado a vossa experiência, estou planejando uma vigem para um tratamento medico na india, e procurando na internet encontrei este site http://www.forerunnershealthcare.com/
    que pelo sina é de uma companhia de consultoria na área de saúde.

    Depois de apresentar os detalhes sobre a minha preocupação eles apresentaram as opcoes de tratamento, melhores médicos/hospitais/precos ((KAMAL INSTITUTE OF ANDRO UROLOGY, NAGPUR ) mas mesmo assim não encontro forma de confirmar até que ponto é seguro confiar nesta companhia, alguém sabe algo desta companhia, será que nao estou arriscando para cair nas mãos dos criminosos la?

    Responder
    • Abril 18, 2016 a 1:25 pm
      Permalink

      Marcelino,
      Não sei te confirmar…

      Responder
  • setembro 13, 2017 a 5:31 pm
    Permalink

    Quais cuidados na Índia na alimentação

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *