Jaipur, ir ou não ir, eis a questão!

Quando fiz o roteiro da India, Jaipur entrou nele porque eu sabia que precisava visitar alguma cidade do Rajastão, e logisticamente Jaipur era melhor opção. A escolha teve seus prós e contras. Jaipur é uma cidade maior que as outras onde estivemos, com mais estrutura e honestamente achei um exagero dizer que a cidade é suja. Não é um modelo de limpeza, mas sem dúvida Jaipur não é uma cidade imunda para os padrões indianos e isso ajuda a amenizar o choque.

P1050967

Ou será que depois de Varanasi nada mais choca no quesito imundisse? Não sei, só sei que na cidade rosa eu vi até, pasmem, coleta de lixo! Algo que até então eu achei que não existia na India. Uma pena que não consegui fotografar para provar, mas meninos, eu vi. Outra coisa que faz Jaipur ser interessante é que nela estão alguns dos ícones da India. Eu sei que muita gente foge dos lugares turísticos mas eu não tenho esse trauma. Pelo contrário! Muito me anima a idéia de ir a India e ver ao vivo o  Palácio dos Ventos que eu já vi em tantas fotos e filmes.

P1050788

Outro pró enorme de Jaipur foi a nossa hospedagem. Saimos do pior albergue da história, em Agra, para entrarmos no melhor, em Jaipur. Mais um pro de Jaipur foi a quantidade de atrações a serem visitadas. Exceto Agra, todos as outras cidades da India que visitamos não tem aquele turismo tradicional de ver um montão de  igrejas, fortes, museus , etc. E isso Jaipur tem de sobra. Foi bacana dar uma turistada também.

jantarmantar

Mas por outro lado esse tipo de turismo foi o que menos me interessou na India, e fiquei com aquele gostinho de quero mais do Rajastão. Queria sim ver fortes e Palácios, mas nossos dias de turismo indiano de observar as pessoas, bater papo, comer bem, e ver a vida passar no ritmo maluco do país foram tão legais que ficou faltando um pouco disso no Rajastão também. A India já é muito acelerada, é preciso ter o mínimo de obrigações turísticas para saboerar o país. E não é que ficamos pouco tempo em Jaipur. É que ela não é a cidade ideal para saborear a India assim, já que é grande  com um montão de coisa para ver e fazer.

P1050764

Preciso  voltar para ver outras cidades que podem me proporcionar esse dolce far niente indiano, e que tenham as cores e o apelo do Rajastão,  como Udaipur por exemplo. Os turistas em Jaipur são totalmente diferentes do que vimos no resto da India e mudam um pouco o clima da cidade. Famílias, gente mais velha, menos viajantes independentes que nas outras cidades. Fiquei com a impressão que essas são as pessoas que vão ao triangulo dourado e pulam uma parte muito interessante da India, senão a melhor. Isso não é um contra, nem pró, só uma observação.  Mas lógico que esses turistas atraem os espertinhos querendo arrancar seu couro, que em Jaipur tem aos montes. Até hoje eu tenho dificuldade de decidir se Jaipur foi ou não a escolha ideal para nós. Eu gostei, mas não morri de amores. Vi tudo que queria e não voltaria, mas ficaria numa dúvida eterna se não tivesse ido. Acho que o ideal mesmo seria ter ascrescentado uma outra cidade do Rajastão à viagem. E para quem tem tempo contado no país como nós, é essa minha indicação. Conheça sim Jaipur, mas não deixe que colocar pelo menos uma outra cidade do Rajastão no seu roteiro!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “Jaipur, ir ou não ir, eis a questão!

  • março 15, 2013 a 12:48 am
    Permalink

    Jaipur tem muitas coisas interessantes, mas confesso que foi a cidade que menos gostei do Rajastão. Logisticamente tem todo o sentido ir lá, e a lista de atrações é enorme. Mas a cidade que eu mais curti – e onde fiquei uma semana – foi Udaipur. E lá nem tem muita coisa para ver. O clima que é mais legal mesmo. Bom que você tem motivos para voltar, né?

    P.S Sério que você viu coleta de lixo na Índia? Sério? meu deus, eu procurei isso durante meses, e nunca vi. Devia ter tirado fotos mesmo!!! hehehe

    Responder
    • março 15, 2013 a 1:07 am
      Permalink

      Rafael, tenho certeza que teria amado Udaipur e Pushkar. Fora do Rajastao, preciso ir a Amritsar. Ja tenho o roteiro pronto na cabeça! Acabei focado minhas expectativas e vontades no Kerala e devia ter feito o mesmo com o Rajastão. E quanto à coleta de lixo, também custei a crer. Vi dois caminhões pequenos na cidade rosa. Mas não estava com a câmera na mão e acabei perdendo a prova,rs. O motorista do tuk tuk disse que não é só no centro que tem coleta, e parece que é a cada 2 dias. Aqui em Londres é uma vez na semana, fiquei passada.

      Responder
      • março 15, 2013 a 1:09 am
        Permalink

        Olha, eu perguntei para vários amigos (indianos), se tinha coleta organizada de lixo. Até para eles isso era lenda. Bom saber que em algum lugar a coisa funciona. =p

        Responder
        • março 15, 2013 a 3:15 pm
          Permalink

          Rafael, eu li em todo lugar que coleta de lixo não existia, por isso meu espanto. Agora se é algo organizado pelo governo ou gente que faz dinheiro com isso eu já não sei. Mas que eu vi, eu vi!rs

          Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.