Espetáculo de Kathakali- Fort Kochi

Junto às redes chinesas e as backwaters, esses moços pintados de uma maneira tão extravagante que mais parecem máscaras são um dos símbolos máximo do estado do Kerala. Em toda campanha de turismo do estado lá estão eles. Fã de teatro, regionalismos e música que sou, jamais deixaria passar uma oportunidade de assistir à um espetáculo de Kathakali!
P1060364
Mas que diacho é isso?
Kathakali é um coisa meio dança, meio teatro com uma pitada folclórica, pelo menos a primeira vista. O teatro é mudo. A música tem grande influência nas peças já que através dela e das expressões  faciais dos atores você consegue perceber um pouco da história e da emoção. Aliás, como no tempo Shakespeare, os homens interpretam mulheres.Os atores usam roupas coloridas e maquiagens pesadíssimas, capazes de transformar qualquer um em deus hindu. No Kathakali eles brincam de deuses.
P1060404
Como os movimentos são lentos e baseados nas expressões faciais, muita gente acha chato e cansativo. Já nós achamos completamente imperdível. Uma peça completa leva muitas horas, 10/12, portanto o que eles apresentam nos teatros do Kerala costuma ser uma versão compilada de 2 horas. Na verdade é uma aula de Kathakali, pois você pode chegar para ver a maquiagem, coisa que eu recomendo para entender melhor sobre esse teatro.
P1060281 Espetáculo de Kathakali
Todo o ritual de enfeitar o palco com flores, velas e desenhos coloridos é também feito com a presença do público. A transformação dos atores é muito impressionante. As cores são muito vivas, por serem todas extraídas de maneira natural. Eles inclusive mostram de onde algumas das corem vem, de qual árvore e como extraem a cor. Depois disso eles nos mostram  os instrumentos, e explicam os sons. Por fim explicam o que cada movimento significa, as expressões faciais. É demais como aqueles homens comuns se transformam em personagens só com um olhar e uma maquiagem. Eu jamais saberia que a mulher da peça é na verdade um homem, tamanha a feminilidade do andar, das mãos, do olhar. No entanto antes da maquiagem você vê que ele é um homem comum, de camisa de botão e calça social como todos os outros indianos, o que torna tudo mais interessante.
P1060304
Depois a peça começa. E por quase 2 horas o musico de uma espécie de chocalho repete o mesmo som sem parar. Chega uma hora que ele parece entrar em transe. 2 horas sem sair do ritmo nem um segundo, só em transe mesmo. O Klaus já nem prestava mais atenção na peça, só esperava o cara perder um segundo na batida, e nada. E dá para notar que da mesma forma que muitos indianos levam o cristianismo com uma pitada hindu, adorando os santos como Deuses, e sendo tão fervorosos e tementes, eles seguem o Kathajali durante a apresentação. Aquilo é uma religião naquele momento, é muito interessante.
P1060322 Espetáculo de Kathakali
Eles estudam anos para fazer cada um a sua função no teatro. É algo sério. E me fez pensar porque não temos uma demonstração feita para turistas do  congo em cada esquina no ES, de maracatu no Recife, de Capoeira no Brasil todo, coisa para o pessoal de fora entender o que é um pouco da nossa cultura como aquilo que vimos. Passar nosso recado daquela maneira para os turistas, com direito a explicação e demostrações seria muito bom. Fomos conversar com os músicos e atores no final, eles foram super simpáticos e solícitos. Fomos ao , Kathakali Centre,que tem sua apresentação todos os dias a partir das 5 para ver a maquiagem, e das 6 a peça. Pagamos 250 rúpias e valeu cada centavo. Eles tem muitas apresentações culturais, inclusive aulas de instrumentos típicos da India, e yoga, etc . Fiquei com muita pena de não voltado para ver outras apresentações e aulas. No nosso ponto de vista, é uma atração imperdível!
Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *