Onde ouvir um jazz de qualidade em Londres

Londres é provavelmente uma das cidades do mundo com mais opções de locais com boa música ao vivo. O casal aqui se esbalda nas opções que a cidade oferece. Ouvir um bom jazz está entre os os programas que mais curtimos fazer por aqui. E como tem muita opção legal em Londres, resolvi listar algumas das que mais gostamos e outras que são populares também.

ronniescott2

 

Onde ouvir um jazz de qualidade em Londres

 

Os tradicionais;que existem desde a década de 70, onde não se vai para bater papo, se vai para ouvir música, beber um vinho e comer bem. A coisa aqui é séria.

Ronnie Scott’s- já falei bastante aqui neste post. Mas resumindo, é A casa de jazz de Londres, e eu diria, da Europa. Muitos grandes nomes do Jazz já passaram por lá, e os que ainda não passaram sonham com esse dia. O lugar é caro, chiquezinho, mas vale muito a pena se você gosta de jazz.  Vá no Late late show se quiser ir pagando menos. O show começa mais tarde, lá pela meia noite, após a atração principal da noite, e geralmente quem comanda é a banda da casa(ótima). Os ingressos constumam ser metade do preço ou menos, e a disputa por uma mesa é menor. Fica no Soho.
606 club- Casa super tradicional de jazz que fica em Chelsea. Daqueles lugares típicos que os intelectuais adoram; fica numa portinha, numa rua no meio do nada. Você só chega lá se quiser e souber o endereço. Não tem placa na porta, você toca a campainha como se estivesse indo na casa de alguém. Ao descer as escadas, você percebe que aquela é uma casa de jazz autêntica. NInguém chegou ali por acaso, porque queria dar uma volta e tomar uma. Não se descobre um lugar assim por acaso, e todo que está ali tem o mesmo objetivo: ouvir uma boa música.

606 club
Os mais “novos”, dos anos 90 e que tem uma pegada mais moderna; vá  se você procura ouvir um jazz num ambiente mais solto e à vontade.
Hideaway– outro lugar que você só vai achar se souber o endereço e quiser mesmo. Como o próprio nome sugere, ele fica bem escondido, numa rua sem saída, em Streatham, no sudoeste de Londres. Já morei na área e sei de uma coisa, ninguém vai para Streaham se não morar por ali ou quiser fazer algo especifico. Portanto não existe isso de “estava de bobeira no bairro e resolvi entrar”. Você chegou no Hideaway? Então sabe o que te espera e provavelmente quer ouvir um jazz legal. Dependendo de quem estiver tocando,as pessoas até levantam para dançar.  Eu acho que  é algo “mais à vontade” do que  as duas tradiconais que citei acima . Aliás, nesse tipo de casa de jazz tanto o público quanto a banda sabe que pode se soltar mais e não só ficar sentado a noite toda, então pode ser que você encontre tanto uma atmosfera “vim aqui ouvir a banda e tomar meu vinho” como “quero ouvir música boa mas se o pesinho começar a mexer, levanto e danço sem crise”.

IMG_6551

Jazz cafe– O Jazz café já foi um lugar desses tradiconais, mas de uns anos para cá tem de tudo. Desde Hip Hop até Big Band de Jazz! Eu particularmente acho isso um pouco demais, descaraterizou. Mas não dá para negar que o espaço ainda recebe nomes incríveis do Jazz. Apesar de ser num bairro bem turístico, Camden, eu não iria lá à toa, sem saber quem está tocando. O Jazz Café é hoje um lugar que os amantes do jazz vão para um show específico, e não para ouvir qualquer banda que estiver tocando como nos demais citados. Quem sair de casa querendo ouvir Ella Fitzgerald pode encontrar Jay Z, portanto informe-se.
Os gratuitos
Barbican hall Muita gente nem sabe, mas no hall de entrada do Barbican sempre tem música boa de graça! Nem sempre é jazz, mas na maioria das vezes sim, e é sempre de qualidade.  Muito bom para um happy hour.

Southbank centre hall No mesmo esquema do Barbican, o Southbank centre sempre tem bandas boas de graça. Como o local é enorme, eu recomendo olhar no website pois muitas vezes tem mais de uma banda tocando, cada uma numa parte diferente do Southbank Centre. Se você  fizer uma busca por Foyer Spaces vai entender a quantidade de espaço que existe para esse tipo de evento gratuito. Na minha opinião, a melhor pedida para quem quer ouvir jazz é procurar o que está acontecendo no hall próximo ao Queen Elizabeth Hall, principalmente a tardinha. Espere ver velhinhos fofos de terno e gravata de ouvidos apurados na platéia.
Royal Albert Hall– Mesmo esquema acima. Uma casa de shows que tem uma área só para esse tipo de evento gratuito. Tem menos cara de evento gratuito que os outros, de mais ” exclusivo”

Os lugares que não tocam somente jazz, mas que tem noites ótimas especiais dedicadas ao estilo musical

The Haggerston– Pub em Dalston que tem uma noite de Jam Jazz muitíssimo popular na área. Embora eu não consiga entender o que jazz e empurra empurra num local lotado de gente tenham em comum, devo admitir que a musica não decpeciona e o melhor: é de graça.

Round Midnight- Este pub em Angel tem mais noites dedicadas ao blues que jazz e por isso mesmo o ambiente aqui é super relaxado e bem diferente das casas puramente de jazz. Não importa qual noite escolher, a música provavelmente será boa. Mas quem quer ouvir jazz e nada mais é bom checar o dia. Toda quarta é dia de Big band e vale muito a pena. Acho que eles cobram entrada após um certo horário mas é possível não pagar, basta se informar até que horas a entrada é franca. Os preços das bebidas são de pub, o que torna tudo mais convidativo ainda.

Round Midnight

Best of the rest

Pizza express club- Este club fica embaixo de uma das filiais da famosa pizzaria, no Soho. Eles servem a comida da pizzaria num ambiente bem mais requintado e interessante. Não costuma ter ingressos muito baratos, mas de novo, a qualidade da música compensa. E fica bem no centro da cidade, no Soho.

Spice of life- No subsolo deste pub acontecem quase diariamente excelentes gigs, nem sempre de jazz mas 90% do tempo sim. Geralmente os shows são pagos, mas os ingressos não costumam ser caros(de 5 a 10 libras). O preço das bebidas são de pub e o local é o mais central de todos, no Soho, numa das esquinas mais movimentas da região, pertinho de Tottenham Court Road/Oxford Street.

Esses são os que a gente curte e recomenda, mas existem vários outros na cidade. Um deles é o queridinho do momento, que ainda não conhecemos, o Vortex. Mas prefiro não listar porque nunca fui. Uma coisa é certa, só fica sem ouvir jazz nessa cidade quem quer pois tem para todos os gostos e bolsos!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “Onde ouvir um jazz de qualidade em Londres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.