O sonho da ilha deserta é possível (e barato) nas Filipinas!

O motivo que nos levou a Taytay foi, além de vivenciar um pouco mais da realidade das ilhas filipinas, a oportuinidade de poder fazer um island hopping com pouco turista(que é um passeio que vai pulando de ilha em ilha) .
Então fizemos o passeio para duas ilhas cujo proprietário também é dono da Casa rosa, onde nos hospedamos. Isso significa que para visitar essas mesmas ilhas, você deve fazer o passeio através desse hotel como nós. A primeira parada foi na ilha do Elefante. E logo de cara: uau! Uma família mora na ilha e toma conta dela para o proprietário, e é isso. Só essa família, os rapazes que nos levaram no barco, e nós dois.Sente a vista da chegada…

chegando na ilha deserta do elefante
Um dos rapazes nos levou até uma piscina natural que se forma dentro das pedras em uma parte da ilha. No caminho, muitas mini praias que se formam entre as rochas.

elephant island ilha deserta

O cenário é de cair o queixo. Ao chegar na tal piscina natural, ele nos largou lá e disse: vocês tem uma hora e meia aqui. Uma caverna, um lago azul, só nos dois… Podia ser romântico se não fosse também assustador. Vai que tem um bicho lá? hahaha Ficamos cabreiros.

Hidden lagoon ilha deserta

Mas mergulhamos um pouco no lago, curtimos e fomos para as várias mini praias do caminho, que também eram só para nós!

taytay
De lá partimos para a Dinamayan Island e chegando lá: um uau bem gigante! Nossa, que coisa linda.

robbinson crusoe feelings ilha deserta

Fomos recebidos pelo Zaldy que toma conta da ilha, e mora lá com seu filho, sua esposa, seus 7 cachorros, galinhas e vários bodes. Que fofos eles foram conosco! O Zaldy disse que já foi guia em Puerto Princesa mas agora estava ali para ter sua aposentadoria. Ele nos mostrou a casa que estava construindo para ter mais conforto. E nos fez babar com a vista do seu futuro quarto.

vista da casa do caseiro

Ele também nos levou até o topo da ilha de onde tivemos uma vista linda.

zaldy e eu

Ali passamos o restante do nosso dia. As Filipinas dos nossos sonhos se resumiam naquilo. Uma ilha paradisíaca, nativos simpáticos para nos contar um como é a vida numa ilha filipina, comida deliciosa, coco tirado na hora e um pouco de silencio.

ilha do elefante taytay

Gente, foi a melhor idéia da vida ter escolhido ficar em Taytay para ter aquela experiência. Amamos tanto! Pagamos 3800 pesos pelo passeio(84 dólares), que é caro para padrões filipinos sim, mas é pouco mais do que se paga nos passeios de El Nido. Com a diferença que nesse passeio você não precisa dividir nem o barco, nem a ilha com ninguém. Tudo seu! Maravilhoso, né?

P1120691

Agora uma noticia mais legal ainda: quem quiser se hospedar nessa ilha praticamente deserta paga míseros 500 pesos por dia! E isso são 11 dólares, eu disse ONZE dólares! Isso é só pelo aluguel da barraca. Se você levar a sua, não paga nem isso.  Lógico que você ainda precisa pagar o barco e a comida, mas achei tão interessante que peguei todas as informações para vocês. É preciso negociar com algum pescador para te levar e buscar lá, o que deve sair no mínimo 2000 pesos pelo que o pessoal do hotel disse. Lembre-se de negociar com algum pescador de confiança, indicado pelo hotel por exemplo, pois você vai estar numa ilha deserta e ficar lá esquecido, por mais que possa parecer maravilhoso, pode ser complicado se você tem planos de vida pós Filipinas.

Dinamayan Island 2

Acho que vale a pena pagar só na volta ou pagar o mínimo possível na ida. 500 pesos é o preço que o hotel cobra para te alugar a barraca com os colchões, travesseiros e o cortinado anti mosquito(essencial para acampar nas Filipinas). A comida e bebida ficam por sua conta nesse caso. O hotel também oferece o serviço completo(comida/bebida/barco/etc) se você quiser, mas custa bem mais, 8 mil pesos(por volta de 178 dólares). Se você levar a própria comida e bebida o valor fica no mínimo menos da metade disso.

almoço com vista

Nós só não ficamos um dia a mais lá para brincar de Robinson Crusoe porque já tivemos a ilha para nós por um dia, e dali sairíamos para um passeio de 5 dias por ilhas remotas. Mas fiquei passada com o preço e a possibilidade. É muito fácil ter essa experiência de ilha deserta nas Filipinas. Apesar de todas as minhas pesquisas, eu não sabia disso e fiquei impressionada como as pessoas não divulgam mais essas experiências. Li muito sobre resorts em ilhas privadas, mas nada sobre esse tipo de experiência a la ” Robinson Crusoe”. Como o país possui mais de 7 mil ilhas, muitas são privadas e oferecem esse tipo experiência.

casa na ilha

Em El Nido vimos várias ofertas do tipo, inclusive vimos a possibilidade de dormir em ilhas super famosas, assim você pode ter a oportunidade de ver o lugar sem as milhões de excursões que vão todos os dias. Não preciso lembrar que é fácil cair numa furada nessa história de ilha deserta, então acho que não custa tomar as precauções básicas, como escolher uma agência de confiança, indicada por alguém. Como muitas ilhas são privadas é preciso ter certeza que a agência ou o pescador que vai te deixar lá tem a permissão para fazer isso. Fora a Casa Rosa, não tenho nenhuma indicação de agência que faça esse tipo de passeio. Mas acho que vale a pena testar alguma agência em El Nido fazendo um dos vários tours de um dia que eles oferecem pelas ilhas, e fechar com eles mesmo se o serviço for bom. Foi delicioso e inesquecível ter essas ilhas só para nós, principalmente sem precisar ganhar na loteria para isso. E você, está esperando o que para ir as Filipinas?

Quer mais dicas de como conhecer uma ilha deserta pagando pouco? Então clique aqui.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

10 comentários em “O sonho da ilha deserta é possível (e barato) nas Filipinas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.