El Nido: lagoas e tours

El Nido tem 4 tours clássicos: A, B, C e D. Pelo que notei, isso é comum em Palawan. O tour mais procurado é o tour A pois cobre os locais mais famosos da região, as lagoas! E como tivemos dois dias em El Nido e passamos outros 5 num barco, optamos por fazer apenas um tour, então foi o tour A que escolhemos.

big lagoon

O Tour A vai à 3 lagoas: a Grande, a Pequena e a Secreta. Além de ir à ilha Shimizu e a praia de 7 Comandos.

Por ser o tour mais procurado, os lugares visitados também são provavelmente os mais cheios. Mesmo assim, as lagoas são de cair o queixo e acho que a nossa decisão de escolher somente este tour foi acertada pois vimos um pouco da parte mais turistica e com o passeio da Tao Philippines vimos a parte mais remota da região.

Os tours são padronizados, tanto a rota quanto os preços. Não é possível combinar os tours como antigamente(pelo menos não de maneira regularizada). Então pode ser que você consiga negociar o preço e a rota, mas pelo que li e ouvi a fiscalização em cima dos barcos é grande, e a chance de você se dar mal numa situação irregular  também.

lagoon el nido

A rota é a mesma, mas cada barco segue a ordem que quiser, e pelo que notei eles se comunicam para saber quais lugares estão mais cheios ou mais vazios para não sobrecarregarem e todo mundo ficar feliz.

Nossa primeira parada foi na lagoa secreta. O barco para numa praia lindíssima. O que você não imagina é que no cantinho dela, tem um buraco para entrar na lagoa secreta, que realmente faz jus ao nome.

secret lagoon entrance

A agua é absurdamente verde na lagoa secreta e ela é bem pequena comparada com as outras. Mas o clima é meio “A praia” e inclusive dizem que foi essa lagoa que inspirou Alex Garland e não Maya Bay, onde o filme foi gravado.  A lagoa é toda cercada por rochas pontudas e o cenário é lindo. Quando chegamos lá só tinha o nosso barco e a lagoa foi nossa por alguns minutos. Logo depois chegaram outros barcos, e acho que pegar a lagoa secreta sem ninguém ajuda no fator encantamento.

secret lagoon

De lá fomos para a ilha Shimizu fizemos snorkeling próximo à ilha antes de pararmos para o almoço. Os corais todos mortos e vimos poucos peixes, mas a ilha é linda e tem 3 praias pequenas. A maioria dos barcos para ali para o almoço. É uma pena que eu não tenha tirado nenhuma foto da comida e toda preparação. A tripulação improvisa uma churrasqueira onde eles preparam os peixes e camarões. Os acompanhamentos já vem prontos. A comida deste passeio foi a melhor de todas que tivemos em tours nas Filipinas. Eles serviram 3 variedades de peixes, camarões, porco, arroz, salada, vegetais e muita fruta de sobremesa!

shimizu island (2)

De lá fomos à grande e pequena lagoa, ambas de cair o queixo. A grande lagoa estava muito lotada, mesmo assim o cenário é maravilhoso. O que mais me impressionou na Grande Lagoa foi a entrada dela. É linda, cheia de rochas, parece realmente coisa de filme.

big lagoon entrance

O barco para e você precisa explorar ambas lagoas a nado ou pode alugar um caiaque e fazer tudo nele. Para chegar a lagoa pequena é mais complicado, pois o barco atraca bem antes e é preciso nadar bastante para chegar até um espaço entre duas rochas e atravessando essas duas está a lagoa.

DCIM101GOPRO

Lá é o único lugar que eu achei valer a pena usar um caiaque. Para nós não foi possível alugar na hora, isso precisa ser combinado(e pago) antes do barco sair. Se você não nada muito bem um caiaque pode ser uma boa idéia pois você fica pelo menos 45 minutos nadando para lá e para cá. Tivemos muita sorte com o guia e isso fez a diferença. Ele fez questão de fugir do fluxo da maioria dos barcos e desceu para reconhecer a área toda vez que paramos. Isso é importante pois tem MUITA agua viva na região e outros bichinhos como cobra, ouriço etc. Então ele nos indicava o melhor caminho, longe dos perigos. Sem contar que o Klaus acabou deixando a Gopro escapar e na confusão de tentar achar nós dois machucamos o pé no coral e o guia não só mergulhou para salvar a camera como também ajudou no curativos.

shimizu island

Nós dois nadamos bem, mas depois dessa achamos melhor usar colete salva-vidas como bóia na lagoa pequena, embaixo da barriga para descansar de vez em quando e foi uma boa idéia. É impossível nadar de verdade com ele, mas para flutuar e curtir a lagoa devagarinho foi bom. No final do passeio todos os barcos param na praia de 7 comandos. É uma praia linda e que tem dois luxos que você só terá ali: banheiro e barzinho com direito a cocktail e cervejinha.

7 comando beach

A hora que o nosso barco parou ali o sol estava torrando e não tem muita sombra na praia. Portanto convém levar um chapéu e abusar do protetor solar! E assim terminou nosso passeio. Alguns lugares são cheios? Sim! Mas é bonito e pessoalmente achei que vale muito a pena e faria novamente. O tour custa 1200 pesos (60 reais/27 dólares)

seven comando
O tour B é outro popular, e inclui a famosa Snake island, que não tem esse nome por causa das cobras, embora elas estejam em toda a região. É por causa do formato do banco de areia que se forma entre uma ilha e outra, formando essa terceira ilha que parece uma cobra. Em uma das ilhas ligadas pelo banco de areia existe um mangue, e na outra se sobre um morro para ter uma vista privilegiada da região.

snake island

Tivemos pouco tempo ali , mas achei mil vezes mais tranquilo do que as outras paradas do tour A e bem bonito também. Além desta, o tour B para em outras 3 ilhas e uma caverna. O tour B custa 1300 pesos(65 reais/30 reais)

O tour C vai à 4 ilhas mais desconhecidas , tem paradas para snorkeling e vai a um santuário. Este tour custa 1400 pesos por pessoa(70 reais/31 dólares)
O tour D vai à ilha Cadlao, e explora algumas praias da ilha. Neste tour também há uma parada para snorkeling e como não ouvi uma pessoa falando que foi, acredito que deve ser o mais vazio. Custa 1200 pesos(60 reais/27 dólares)

el nido
Como os tours envolvem muito sobe e desce de barco e em algumas paradas é preciso nadar até chegar no local de interesse, por isso uma bolsa a prova d’água, uma camera idem e um sapatinho daqueles próprio para o mar são super úteis. Sem falar de chapéu/boné e filtro solar para aguentar o calorão. Além do preço de cada tour, para ir às ilhas e praias do arquipélago de Bacuit é preciso pagar uma taxa de 200 pesos por pessoa para o departamento de turismo de El Nido que é válido por 10 dias. A agencias geralmente fazem todo o trâmite do pagamento, mas o preço da taxa não está incluso nos passeios. Certifique-se que a agencia providencia mascáras se você não tiver a sua. No mais, relaxe e aproveite o paraíso!

Para ler todos os posts sobre El Nido, clique aqui.

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “El Nido: lagoas e tours

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *