Passeio de barco entre El Nido e Coron- dicas práticas

Para quem se interessou no nosso passeio de barco entre El Nido e Coron, aí vão algumas dicas práticas. Para quem não viu vale a pena ler o post que fiz sobre a experiência que tivemos no passeio.

Quanto custa o passeio de barco entre El Nido e Coron?

O passeio custa 23 mil pesos filipinos, que são aproximadamente 526 dolares ou 1165 reais. Isso por 4 noites e 5 dias no barco, com comida, bebida(não alcóolica) e tudo mais que você precisa. Compramos 2 caixas de cerveja e 1 garrafa rum. Também gastamos no Karaoke e demos uma gorjeta para os funcionários. Demos mais 2 mil de gorjeta, então posso dizer que o passeio custou 26 mil contando tudinho. É bem caro se comparado a outras coisas nas Filipinas. Por bem menos dá para ficar numa ilha deserta como contei aqui. Mas tem um batalhão de gente envolvida nesse passeio e observando como tudo funciona eu cheguei a conclusão que na verdade não é tão caro assim. Pagamos metade do dinheiro antecipadamente via paypal para assegurar nossa vaga, e a outra metade foi paga em dinheiro, no dia anterior a viagem.

Funcionários

Só no barco conosco todos os dias ficam 2 pessoas para lavar, limpar, ajudar na cozinha e com o barco, um cozinheiro, o capitão, 2 ajudantes no melhor esquema faz tudo(carregam as coisas do barco para ilhas, ajudam a montar o que é preciso, fazem a mesa, etc), e um líder que é quem fica conosco a maior parte do tempo. Ele é quem decide qual será a rota a partir dos updates dos pescadores e metereologia. Notei que na ultima noite ele estava morto mas ficou conosco até o final por uma questão de trabalho mesmo, o que me faz crer que ele é um pouco responsável pelo nosso bem estar. Todo mundo é muito bacana e por isso mesmo a gorjeta acaba sendo alta. Os funcionários trabalham duro durante toda viagem, e até antes e depois carregando e descarregando o barco.

funcionarios Tao

Quantos dias?

A viagem dura 5 dias e 4 noites. Chegamos com uma antecedência bem folgada em El Nido de onde saiu nosso barco, mas há quem chegue em cima da hora. Não aconselho e nem sei como funciona para quem chega no mesmo dia. Na noite anterior à viagem acontece um encontro explicando o básico sobre o passeio, e nesse dia você já leva sua mala para ser colocada no barco e fica somente com o que vai precisar para aquela noite e para o dia seguinte. O último dia do passeio dura bastante e é quase que mais uma noite. Chegamos bem tarde em Coron, já estava escuro. Na chegada tivemos que pegar um transporte até a sede da Tao e depois encontramos o grupo num jantar. Portanto é preciso colocar no mínimo mais 2 dias, um de chegada e outro de saída, mas tenha em mente que só com mais 2 dias você praticamente não vai conhecer nem El Nido e nem Coron.

Clima

O clima das Filipinas é louco e dificil de prever. Fuja das monções e principalmente da época dos furacões e tempestades tropicais. Pode ser que tudo dê certo, mas pode ser que você esbarre com um Yolanda da vida e seja obrigada a mudar de planos e datas! Nós pegamos chuva, sol, dia nublano, e foi tudo bacana, uma experiência. A chuva durou não mais que uma hora e aconteceu mais de uma vez, mas se tivesse chovido o passeio inteiro seria chato sim. Falei do clima aqui e aqui também.

Base camp Passeio de barco entre El Nido e Coron

Malas

A regra de quanto menos melhor é lei nessa viagem. A babagem principal fica no barco e você leva uma malinha menor para cada acampamento. Nela você leva tudo que vai precisar até o dia seguinte. A roupa que vai usar a noite, roupa de dormir, coisas de banho e a roupa/biquini do dia seguinte. Eu fiz a grande besteira de lotar minha mochila, o que dificultou demais na hora de mexer e fazer minha bolsa do acampamento. Fica uma confusão de mala, e quanto menos coisas você tiver para mexer, melhor e mais fácil. Como faziamos isso diariamente, no segundo dia eu já cansei e separei as roupas para os outros dois dias. Uma mochilinha pequena para transportar as coisas é muito útil. Para quem é mais paranoico com limpeza pode valer a pena separar todas as roupas que serão usadas numa mochila menor para nem abrir a mala principal. O abre e fecha de mala deixou meu mochilão lotado de areia e o resultado foi mandar lavar quase tudo assim que chegamos em Coron. Por mais que tentássemos separar as roupas ficou um bololô louco e no final tudo estava cheirando a maresia. Um protetor grandão para cada mala vai muito bem pois sempre há uma possibilidade de molhar/sujar um pouco tanto a mala quanto o que esta dentro dela.

caiaque com o nossos colchoes e roupas de cama Passeio de barco entre El Nido e Coron

Itens uteis

Além dos itens de toda viagem, nessa em especial eu achei que algumas coisas me ajudaram muito, e outras fizeram falta. Nossa camera a prova d’gua foi uma aquisição excelente e muito usada! A bolsa a prova d’gua que a propria empresa indica foi sem duvida o item mais usado. O barco para distante da ilha e geralmente vamos de caiaque ou nadando. As bolsas vão todas de caicaque ou na cabeça. Os funcionários colocam um plastico embaixo das bolsas, mas não convem deixar nada que não possa molhar nas malas. Tudo meu eletronico e importante ia dentro da bolsa a prova d’agua. Compramos uma de 30 litros e dentro dela levavamos nossa roupa e as coisas que nao podiam molhar, coube tudo numa boa. Uma bolsa menorzinha, de 5 l, tambem seria uma boa para levar só a camera nas paradas rápidas. Compramos da marca overboard que é extremamente superior a outras que vi. A maioria é bem fininha e essa é resistente e apesar de mais cara, vale a pena. Protetor de vaso é algo que não compramos, mas os holandeses que estavam no barco nos deram e nos dois ultimos dias salvou nossa vida. Não preciso dizer como fica um banheiro com 20 pessoas usando. Dá para comprar pela net. e quebra um galhão. Protetor de ouvido e olhos pode ser uma boa para quem tem sono leve. Eu não usei porque durmo que nem pedra. Repelente e óleo anti mosquito de areia também. Quanto mais virgem a praia é, mais possibilidade existe de ter as famosas sand flies. Elas sao minusculas e você não ve e nem sente. Há quem tenha uma pessima reação a elas. Eu fui mordida mas não tive reação alguma. Na época que fomos, vimos muita agua viva, algumas enormes. Tinha muita mesmo. Uma das meninas teve uma reação assustadora, ficou toda empolada. As aguas vivas procuram o lugar mais frio, então com o dia nublado, elas tendem a subir para a superfície. No geral, todo mundo ficou ardido de agua viva logo ao sair da agua, mas só mesmo essa menina teve uma reação ruim. O resto de nós só ficou com aquele ardor de 10 segundos após sair da agua. Mesmo assim, deixei de cair na agua 3 vezes por causa dessas benditas. Então aconselho levar uma blusa de manga longa de propria para agua. Levamos também carregadores extras daqueles que você carrega uma vez e ele fornece várias cargas para telefone/iPad etc. Ajudaram bastante já que a maioria dos lugares não tem luz elétrica. Nossa caixinha de som que tem entrada para tablet e telefones em geral também garantiu a diversão de algumas noites.

agua viva Passeio de barco entre El Nido e Coron

Rota- El Nido Coron ou Coron El Nido?

Pela experiência que nós tivemos e baseado nas experiencias alheias, eu diria que El Nido- Coron dá de mil a zero no oposto. Isso porque o primeiro dia é o mais relax, com mais paradas e menos tempo no mar, e como a Bacuit Bay é lindamaravilhosa, adorei ter ficado mais tempo por lá. Não fomos aos lugares mais famosos pois não é esta a proposta da empresa, mas vimos lugares lindos.

Ilha Passeio de barco entre El Nido e Coron

Roupas

Meu conselho é levar roupas práticas de vestir pois a troca de roupa é meio big brother mesmo. E roupas leves, pois faz calor de verdade. Um sapatinho daqueles de borracha para usar na hora de sair e entrar no barco é ótimo também. Usamos bastante os nossos. No final das contas o que a gente mais usa mesmo é roupa de praia, então aproveitem que biquini não pesa e abusem deles. Ter uma canga sempre a mao é bom também para poder se cobrir na hora de visitar as vilas. Por mais que seja uma ilha não cai bem andar de biquini no meio dos nativos. Sou vaidosa mas nesse tipo de viagem eu desligo dessas coisas. Não me olhei no espelho e acho a sensação de não me preocupar nem um pouco com a aparência libertadora e recomendo!
O site da Tao Philippines é este: http://www.taophilippines.com/
Lá tem bastante informação útil e toda a programação das viagens. Esse passeio é o original, o primeiro criado pela empresa, mas eles agora também fazem passeio de um dia e de barco a vela também.
No mais leve na babagem um coração aberto para absorver um pouco do silencio das ilhas, da simplicidade do povo, das experiências dos viajantes e do gostinho de um mundo diferente do seu!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

5 comentários em “Passeio de barco entre El Nido e Coron- dicas práticas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.