Manila- Hospedagem

Infelizmente, a única coisa que posso falar de Manila é do hotel onde nos hospedamos.Ficamos no Y2 Residence Hotel em Makati.  Não vimos muito além disso e dos restaurantes. Fomos à uma restaurante coreano bacana chamado Kaya comer wagyu beef por um preço bom. Valeu a pena porque não conhecia e também porque não tivemos que pensar muito, já que a comida nas Filipinas não é assim super brilhante. Mas se eu soubesse que o hotel era tão bom por um preço tão amigo, eu teria estendido a nossa hospedagem. Por causa do voo de volta, que era atrelado ao nosso voo Cingapura- Londres, não deu para ficar mais, mas deu muita vontade. Depois de dias de pouco conforto, de arruma e desarruma mala, chegamos naquele hotel lindo, fomos muito bem tratados e a vontade era ficar lá e nunca mais sair. Nunca mais mesmo, eu queria morar lá,hahaha. Ainda ganhamos um upgrade para um quarto gigante com sala e cozinha.

Manila Y2 (1)

A piscina do hotel fica no alto e pelo menos de cima eu posso dizer que vi Manila, porque dava para ver a cidade toda. A localização não podia ser mais perfeita, bem no meio de Makati, que é o centro financeiro de Manila, seguro, moderno, cheio de restaurantes, shoppings e amenidades que a gente confessa que sentiu falta nas quase 3 semanas que ficamos rodando, e fica a 15 minutos de taxi do aeroporto.

Manila Y2 (4)

Ficamos duas noites com muita pena, e pagamos miseras 50 libras, nem 200 reais para um hotel 4 estrelas e bom.Porque verdade seja dita, essa coisa de estrela muda muito de região para região. No Egito por exemplo, um hotel 5 estrelas não necessariamente vai alcançar o padrão de um Ritz em Londres. E eu pessoalmente acho que os hoteis da Asia em geral nem sempre condizem com as suas estrelas, e este superou as expectativas!
Como nem tudo é perfeito, o café da manhã não estava incluído, mas pagamos à parte e valeu cada centavo pois era maravilhoso.

Manila Y2 (3)

E tivemos uma chateação, mas que tem mais a ver com os hóspedes do que com o hotel. Pedimos um andar de não fumante, e realmente era. Mas num quarto perto do nosso tinha alguém fumando que deixava todo o corredor fedorento. Reclamamos com o hotel, que deve ter reclamado com os hospedes fumantes, que melhoraram mas continuaram. O hotel colocou antiodores pelo corredor, mas acho que isso deve ser algo dificil de conter. Não tivemos mais tempo para saber se eles trocaram os hospedes de lugar. Já li muita história de gente que passou pelo mesmo problema, e acredito que se o país não proibe fumar dentro de ambientes fechados, o hotel também não tem como multar o hóspede e acaba ficando refém dele. Enfim, isso de forma alguma estragou nossa experiência e eu voltaria num piscar de olhos para este hotel. Mas com certeza se tivesse escutado o meu sexto sentido, teria ficado mais um dia em Manila para conseguir curtir um daytrip e a cidade também!
Reservamos o hotel pelo Booking.com , que a partir de agora é parceiro do blog. Se você usar um dos links do blog para reservar seu hotel no booking, o preço da sua reserva não muda em nada mas nós ganhamos uma comissão!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 11 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Escreve todos os posts mas faz o blog junto com o marido, Klaus. Para saber mais sobre, clique no "sobre nós" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.