3 dias em Cingapura- Um roteiro básico

3 dias em Cingapura é o tempo padrão que a maioria dos viajantes fica por lá. Só 3 dias para essa cidade estado pode ser pouco, mas acredito que muitas pessoas visitem Cingapura como uma paradinha estratégica numa viagem mais longa pela Ásia ou a negócios. As poucas pessoas com as quais esbarramos que estavam numa viagem exclusivamente para Cingapura moravam relativamente perto. Então, apesar de saber que mesmo em um mês em Cingapura você ainda vai ter coisa nova para ver e conhecer, acho que com 3 dias dá para ver o basicão sem muito estresse.

gardens by the bay Cingapura-
Cingapura é cara e foi um susto enorme chegar lá depois de semanas no Camboja e nas Filipinas. Muita gente recomenda que num roteiro que mistura lugares mais bagunçados e com menos estrutura com cidades mais organizadas(que foi exatamente o que fizemos), a parada nessas cidades/países modelo deva ser no final, como é o caso de Dubai/AbuDhabi/Doha, etc. Mas eu acho que isso, como tudo numa viagem, é questão de gosto. Gosto de deixar o melhor para o final, e como costumo preferir os lugares mais crus e simples aos luxuosos, sempre que posso começo a viagem com os lugares mais modernos e com estrutura, mas desta vez não deu por uma questão de logistica. Então vamos ao que interessa. Pegamos um pacotão com a Singapore Airlines, sobre já falei(clique aqui para acessar). Nesse pacotão incluía muita coisa que talvez eu não faria questão de pagar se não estivesse incluso.

Nosso 1º dia em Cingapura começou na Singapore Flyer

Mas Cingapura tem tantos lugares para ver a cidade do alto que não sei se a Singapore Flyer é assim tão essencial.

Singapore flyer
De lá, partimos para ver um pedacinho do circuito de F1 de Cingapura, já que o casal aqui é fã do esporte. Nossa próxima parada foi o Gardens by the Bay, e para chegar nele ainda passamos pelo Marina by Sands, tiramos umas fotos e fomos ao jardim botânico.

Gardens By the bay Cingapura-2

Como estava incluido no pacote, resolvemos entrar e conhecer o jardim. São duas estufas grandes e bem diferentes uma da outra. A flower dome parece mais uma estufa tradicional, com vários tipos de plantas e flores de paises diferentes. O cuidado e a beleza como as plantas estão expostas é incrível.

Gardens by the Bay Cingapura-

Na segunda estufa, chamada Cloud Forest, você entra dentro de uma torre com cachoeira e bastante verde. É linda e mais interativa.

Cloud Forest Gardens by the bay Cingapura-(3)

Eu amei, já o marido nào se empolgou muito. De lá fomos ao bar que fica na maior das super arvores, já que nosso ingresso não incluia a passarela. Adorei e recomendo, falei mais sobre aqui.
A noite fomos ao night Safari, que é super interessante pois a ideia é fazer você se sentir caminhando no meio do habitat natural dos bichos.

Night Safari Cingapura Zoo (1)

É possível pegar um trenzinho que faz uma parte do caminho mas ha várias trilhas a serem feitas a pé. Dá até um certo medinho de ver alguns bichos tão de perto! O zoológico de Cingapura tem essas idéias inovadoras, e com o espaço que eles tem fica super fácil de fazer bonito com atrações diferentes como os safaris. Ficamos umas boas 3 horas no night safari e nosso dia acabou. Ufa!

Night Safari Cingapura Zoo (2)
No 2º dia em Cingapura, nos concentramos  nas atrações culturais

Fomos à Little India, vimos um dos seus templos lindos.

Little India Cingapura (1)

A little india de Cingapura é obviamente muito diferente da India. Mais limpa, mais organizada, menos barulhenta e com bem menos alma. Mesmo assim, deu muita saudade da India ao ver algumas cenas tipicamente indianas pelo caminho.

Little India Cingapura (2)

Dizem que a comida lá é boa, mas era cedo e não provamos. De lá fomos ao bairro de China Town. O templo chines de China Town é belíssimo , e por essa eu não esperava.

Templo Chines Cingapura (1)

Ficamos um bom tempo lá fotografando, babando na beleza do local.

Templo Chines Cingapura (4)

O templo não é tão grande mas é muito fotogênico!

Templo Chines Cingapura (3)

Do templo, voltamos ao zoologico, desta vez para o river safari. Nós deveriamos ter combinado o river safari com  night safari, mas por falha na  programação fomos duas vezes ao Zoo, que é meio distante da cidade. Mas recomendo fazer os dois no mesmo dia.

River Safari Cinparura Zoo (2)

Não conseguimos fazer o passeio de barco que eles oferecem, e deve ser lindo, mas vimos o panda. A fofura dos funcionários foi tanta que eles seguraram mais 15 minutos o panda e nos levaram direto para vê-lo.

River Safari Cinparura Zoo (3)

Os tanques são lindos, novamente ponto para Cingapura e seu show de estrutura. Tudo perfeito.

River Safari Cinparura Zoo (1)

Mas me deu um treco ruim de ver os bichos presos. A gente viu um tucano num aviário tão pequeno… E lembramos de quando estávamos na serra do caparaó e vimos um tucanão daquele, solto na imensidão daquele lugar.

River Safari Cinparura Zoo (4)

Aqueles peixes enormes presos num aquário. Me bateu uma depressãozinha. Achamos bonito, vimos tudo, mas me prometi não ir novamente a nenhum zoológico depois desse. Depois do momento turismo no river safari nós resolvemos voltar ao hotel, nos arrumar e partir para a night cingapuriana! Não sem antes comermos um típico chilli crab no restaurante Jumbo, famoso por seus pratos com caranguejo! Achei o tal do chilli crab muito muito delicioso! Bem apimentado, mas muito bom mesmo.

Jumbo chilli crab

E fechamos a noite no Altitude vendo a cidade toda de cima.

O 3º dia em Cingapura fomos para Sentosa

Começamos bem cedo para ver o Merlion, passando por Clark quay.

Merlion

E depois pegamos o bondinho para Sentosa, onde passamos o dia todo!

Sentosa

Fomos à Universal Studios de Sentosa, que é legal mas eu pessoalmente não voltaria. Muito caro e como tinhamos vários ingressos de coisas para irmos em Sentosa, acabamos fazendo só uma delas(que já estavam pagas) para ir ao parque(que não estava). Marquei bobeira, eu achei. A montanha russa mais badalada estava fechada e nem nos avisaram. O parque é bacana, nunca tinha ido a nenhum da Universal, mas não achei que vale tanto a pena assim. Nos divertimos horrores, mas a ilha de Sentosa é maior do que eu pensava, e talvez se gastássames o dia todo nela eu teria curtido mais.

Universal Sentosa

Sentosa é uma ilha de entretenimento com praia, o parque da Universal, resorts e várias outras atrações. Dá para ficar dias lá. Apesar de muito “fake”, eu até gostei. Aliás isso serve para Cingapura em si. Apesar de saber que a cidade estado é toda feita, de ser meio fake, eu gostei. Achei que Cingapura mostra um novo lado da Ásia que não é nem tão moderno e tecnológico como deve ser Tóquio por exemplo, mas também não é bagunçada como Bangcoc, e outras capitais do sudeste asiático. Você vê muita gente que claramente saiu de uma mistura, já que ali vivem pessoas do mundo todo, a postura dos cingapurianos é bem de um povo de cidade grande mais ao mesmo tempo todo mundo te ajuda, te atende bem e é educado. Pensando por esse lado, Cingapura tem sua personalidade sim. Eu curti e acho que quem tiver a oportunidade de fazer essa parada estratégica na cidade estado entre um pais asiático e outro não deve perder a chance!

Para ler todos os nossos posts sobre Cingapura clique aqui.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 11 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Escreve todos os posts mas faz o blog junto com o marido, Klaus. Para saber mais sobre, clique no “sobre nós” na barra superior.

3 comentários em “3 dias em Cingapura- Um roteiro básico

  • Janeiro 15, 2016 a 9:01 pm
    Permalink

    Quanto se gasta para ficar 3 dias em Singapura? Hospedagem, alimentação, deslocamento, visto e esse pacote de turismo que vocês fizeram?
    Estou indo para Bali e pensei em parar em Singapura para conhecer

    Responder
    • Fevereiro 23, 2016 a 5:59 pm
      Permalink

      Natasha, Gastamos cerca de 350 libras n\os dois, mas isso é tão pessoal que acho complicado se basear na minha experiencia sem saber se temos o mesmo estilo de viagem.

      Responder
  • Pingback: 7 coisas que já fiz em viagens e me arrependo - Catálogo de viagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *