O Castelo do Drácula e arredores

Quando comecei minhas pesquisas sobre a Romênia, meu maior espanto eram os preços dos tours e transalados no país. Sabia que aquilo em nada refletia a realidade financeira da Romênia e me recusei a pagar os precos dos tours, por isso decidimos fazer tudo por nossa conta. As estradas são tranquilas, mas como não temos carteira de motorista, resolvemos ir de ônibus. O busão sai do terminal 2 “Bartolomei” de Brasov e vai à Bran, e custa 6 lei. A estação de ônibus fica um pouquinho distante do centro e tem ônibus do centro até lá, mas o preço do taxi foi o mesmo que nós dois pagaríamos no busu. Os onibus são limitados, portanto recomendo buscar em algum site que informe os horários, ou melhor ainda; vá a informação turística de Brasov para se informar. Nosso roteiro de um dia foi Forte de Rasnov, Castelo de Bran mais conhecido como Castelo do Drácula, e igreja fortificada de Prejmer. Tudo isso é perto de Brasov, e daria para ter ido de ônibus com uma certa programação.  Acabamos indo de ônibus só a Rasnov pois pegamos carona. O resto da história é grande e contei aqui.

Nossa primeira visita foi o forte de Rasnov.

Forte de Rasnov (3)

Para subir até o forte você pode andar ou pagar para ir num trenzinho, bem infantil mas que cumpre o papel. Como estávamos com pouco tempo, o trem foi a solução! Fiquei passada como uma atração linda e localizada entre dois locais tão populares fica às moscas daquele jeito! Se paga para entrar eu não sei pois até vimos uma cabine na entrada mas ninguém estava lá para nos cobrar. Esse era o nível de jogado às moscas do forte. A vista dele é linda, imagino no auge do Outono como não deve ser. Recomendo bastante!

Forte de Rasnov (6)

 

Segunda parada: Castelo do Drácula

De lá partimos para Bran, onde está uma das grandes atrações da Transilvânia o Castelo de Bran, conhecido também como castelo do Drácula. Há uma grande confusão nisso tudo, pois Vlad Tepes, o imperador romeno que inspirou o personagem de Bram Stocker e que também era conhecido como Drácula, oficialmente não passou pelo Bran Castle e não tem sua história atrelada à ele.

Castelo do Drácula (27)

O imperador Vlad Tepes passou pelas cidades de Bran e Brasov, mas não há documentos ou provas que relacionem ele ao Castelo de Bran.  O que importa é uma coisa, independente de lenda o castelo merece a visita! Bran é uma cidade pequena e com bem menos apelo turistico que Brasov, então muita gente pensa que o castelo fica em Brasov, mas não, fica perto e muita gente como nós, se hospeda em Brasov e vai visitar Bran de dia, e eu assim embaixo. O Castelo de Bran me surpreendeu bastante!  Eu realmente não imaginava que ele era tão grande e bonito.

Castelo do Drácula (26)

Verdade seja dita, o castelo é mais interessante por fora do que por dentro, mas toda a parte externa dele é linda e compensa. Fui em pleno novembro e estava bem cheio, considerando o frio e o quão vazio estavam as outras atrações que visitamos no país, portanto se você for na alta estação não espere ver um clima de mistério no ar.

Castelo de Bran (24)

Mas pelo menos o clima contribuiu e vimos um castelo de Bran bem como eu imaginava. Num dia frio, meio escuro, até com um pouco de neblina.

Castelo de Bran (15)

Terceira parada: Prejmer

Não podia pedir mais! Mas esse não era o final do nosso dia, ainda tinha uma outra atração nos aguardando. De lá resolvemos ir a uma das duas igrejas fortificadas próximas à Brasov. Quando digo próxima, quero dizer bem perto mesmo. Prejmer e Harman são duas cidades que tem igrejas fortificadas e estão do ladinho de Brasov.

Igreja de Prejmer (5)

Passamos somente em Prejmer pois pelo o horário Harman já estaria fechada. A cidade de Prejmer não tem NADA. E a igreja é bem bonitinha, sem contar que não poderia sair da Romênia sem ver uma igreja fortificada já que tem tantas no país.

Igreja de Prejmer (7)

Mas não foi a atração mais imperdível da vida. Me disseram que eles cobram entrada, mas assim como em Rasnov, não havia ninguém para cobrar. Vimos uns gatos pingados de turistas, e só. E assim terminou nosso dia. Se não anoitecesse tão cedo talvez tivéssemos tido tempo de ir a Harman também. Acho que essas 4 atrações completam bem um daytrip a partir de Brasov, e ainda sobra um tempinho para curtir a cidade como nós fizemos.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 11 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Escreve todos os posts mas faz o blog junto com o marido, Klaus. Para saber mais sobre, clique no "sobre nós" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.