A bela ilha de Corfu na Grécia

A ilha de Corfu caiu no nosso roteiro de para quedas. Sua proximidade com a Albânia, a apenas meia hora de ferry do país, fez com que as nossas férias terminassem lá. Faria bem pouco sentido descer de Tirana até a costa albanesa para depois voltar tudo novamente sendo que várias companhias areas fazem o trajeto Londres- Corfu a precinhos super camaradas! Então fizemos esse sacrifício tenebroso sqn de terminar as férias comendo salada grega e vendo aquele marzão azul.

 

Corfu (2)

Mas devo confessar que depois de ir a Kefalônia e Zakynthos(outras 2 ilhas gregas), fiquei com um leve preconceito com essas ilhas que recebem pacotes em massa de outros países da Europa, e que hoje em dia tem mais pub irlandês que na própria Irlanda. Afinal de contas a gente quer ver a Grécia quando vai à Grécia, não é mesmo? Talvez essa seja uma implicância maior de quem mora na Europa e já tenha visto milhões de cidades, principalmente ilhas, sendo descaracterizadas dessa maneira com os tais pacotes turísticos, mas só para contextualizar, é como ir a Porto Seguro hoje em dia. Eu ainda amo, mas há que se esforçar para não ver só barraca de axé e tour da CVC, e talvez um gringo desavisado caia lá e curta bastante, mas a gente que sabe o pontencial do lugar fica irritado. Voltando à Grécia, voce pode nunca ter ouvido falar de Corfu, mas a ilha só perde para Santorini e Mykonos na quantidade de turistas que recebe.

Corfu (3)

E esse era o meu medo. Acontece que Corfu é uma ilha tão grande que tem espaço para todo mundo! Então tem a parte histórica, tem a parte dos pacotes, a parte da festa  e a parte dos turistas independentes, que foi aonde a gente ficou! Então embora seja praticamente impossível fugir dos turistas por lá, é muito fácil fugir desse turismo massivo e que faz qualquer lugar perder suas características. Depois de pesquisar bastante, achei uma região bacana da ilha onde a maioria dos visitantes eram independentes, cheios de hoteizinhos pequenos e sem os tais pacotes. E fez toda a diferença realmente. A ilha é super bem servida de ônibus, então assim que chegamos no porto já compramos a passagem para Paleokastritsa onde ficamos hospedados. Só tivemos que esperar 1 hora pelo ônibus, a viagem durou 45 minutos e estávamos no paraíso.

Corfu (1)

Aguardem pois outros posts virão sobre essa ilha, mas fiquei surpresa o quão divertida e ao mesmo tempo tranquila é Corfu. E logicamente nos proporcinou paisagens de cair o queixo. Ficamos míseros 2 dias lá e saimos com muita tristeza, tentando trocar a passagem até o último minuto! Também como largar esse mar azul/verde fluorescente?

Corfu (5)

Achei a ilha de Corfu uma opção maravilhosa para quem quer um pouco de história, paisagens lindas, boa comida e estrutura turística sem perder muito a personalidade, e sem cobrar os olhos da cara! Então se você quer conhecer a Grécia mas não faz questão de ir as ilhas mais famosas  mundialmente, por que não colocar Corfu na sua lista?

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

3 comentários em “A bela ilha de Corfu na Grécia

  • dezembro 6, 2016 a 5:56 pm
    Permalink

    Boa tarde!
    Gostei muito das suas considerações acerca da Ilha Corfu e Albânia.
    Minha pretensão é passar as férias de Julho/2017 na Grécia, mas meu roteiro incluía as mais badaladas: Atenas, Santorini e Mykonos.
    Já ouvi falar na ilha Corfu por conta dos cruzeiros os quais venho pesquisando, mas lendo seu post Albânia e Corfu não seriam nada mal para 15 dias de férias, não é? Rs
    Algum outra dica para que meu período de férias não seja decepcionante?!
    Obrigado e parabéns!

    Responder
    • dezembro 7, 2016 a 11:26 am
      Permalink

      Marcel, Eu não conheço nem Atenas, Santorini ou Mykonos. Certamente é bem legal e vale a pena, mas Corfu me surpreendeu bastante! E é muito mais barato que os lugares onde você pensa ir, fora Atenas. Eu acho que com 15 dias você consegue fazer Albânia e Corfu com calma e conhecendo bem. Talvez dê para incluir até uma ilha proxima a mais aí. Decepcionante não vai ser, os lugares são lindos demais.
      Fico feliz que tenha gostado!

      Responder
  • agosto 7, 2017 a 11:20 am
    Permalink

    Olá, muito obrigado por ter feito esta descrição. É fixe. Vou lá em Setembro, e só tenho uma pergunta: onde ficam os sitios nas fotos #1, 3 e 4?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *