O conforto de rever uma cidade

Há um certo conforto em rever uma cidade. A visita não requer muita preparação, nem muita expectativa, e a chance de decepção é mínima. Tudo isso faz as férias ficarem ainda mais com cara de férias. Você só precisa ver a previsão do tempo para não errar na mala. Se o destino for a Bahia, nem com a previsão é preciso se preocupar. Os dias rendem mais porque você já sabe em qual estação descer, aonde alugar o carro, aonde comer e o que vale a pena ser revisto. Quando a intimidade é grande, você até já conhece o Fulaninho da padaria, o Beltrano do bar da esquina. Isso proporciona uma leveza a qualquer viagem. Além disso,  ou até principalmente;  você sabe o que não fazer, porque a cidade já te deu umas rasteiras na outra visita, e não é preciso cair de novo, já aprendeu.

convento da penha vista vitoria

Mas as vezes, além do conforto e da tranquilidade, rever uma cidade é uma surpresa! Porque você pode ir um pouco além. Na primeira visita você provavelmente percorreu um check list dos lugares “tem que ver”, aí a segunda visita fica livre para viver a cidade, ao invés de apenas visitá-la. Nada como esbarrar naquele café bonitinho que não está nos guias ou dar de cara com um bar legal fora do centrão turístico, mas que está lotado de nativos.

florence sunset

Não sou nada controladora ou super organizada mas gosto de me preparar quando o assunto é viagem. Aliás, amo essa parte da preparação, é quando começo a sonhar com a viagem e ela toma forma. Porém, por mais que a parte da pré viagem me agrade, ando cada vez mais preguiçosa! Tenho deixado a vida me levar, então as figurinhas repetidas tem sido muito bem vindas. E notei que ultimamente os meus sonhos de viagem são mais para rever cidades do que para conhecer outras novas. Não sei se isso é a idade chegando ou se eu realmente estou aprendendo a viajar e vendo a graça não só na novidade, mas também na mesmice. Mas sei que estou curtindo essa fase e aproveitando para colocar em prática algumas revisitas. Ainda pretendo visitar infinitas cidades que não conheço, mas quero rever quase tudo. Até porque dificilmente algum lugar se esgota em meros 3 ou 4 dias.

E vocês, preferem o conforto de rever um destino já visitado ou sempre buscam conhecer algo novo?

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.