Crystal Palace Subway- uma antiga estação de trem de Londres

A minha lista de lugares para conhecer no London Open House era infinita. Mas um dos que eu mais queria conhecer era o Crystal Palace Subway. Porque desde a época que morei em Tulse hill, eu “investiguei” tudo sobre o tal Crystal Palace  e fiquei muito curiosa para conhecer  o único pedaço dele que restou, que foi essa passagem que ligava a extinta estação de trem ao Palácio.

Crystal Palace Subway (6)

A propósito, sim existiu um Palácio de cristal que deu nome ao bairro. O bairro de Crystal Palace fica no alto de um morro, a estação antiga também ficava, assim como o próprio palácio. Essa passsagem que eu e o Klaus visitamos foi construída para que os nobres pudessem andar da estação de trem que funcionava ali na época até o palácio, sem precisar se sujar entrando no parque ou andando na rua.

Crystal Palace Subway (7)

O palácio existiu de 1865 à 1936 quando pegou fogo e foi completamente destruído. Muito se fala na sua reconstrução, mas nada foi feito ainda a respeito. A estação de trem que funcionava ali no alto do morro foi desativada dando lugar a outra estação, que hoje funciona na parte baixa do bairro. Então o Crystal Palace Subway é a mistura de um pedaço de uma estação de trem desativada com um palácio que foi destruído. A passagem serviu de abrigo na segunda guerra e até apareceu num clipe do Chemical Brothers. Mas numa história mais recente, vandâlos destruíram um pedaço do local(eles existem em qualquer lugar) e por isso a entrada da passagem está condenada e abre ao público muito raramente.

A parte condenada da passagem
A parte condenada da passagem

Para receber visitantes o local  precisa de autorização, e é um processo complicado. Mas nada que a London Open House não possa resolver. Eu fiquei extremamente animada para conhecer, não pela beleza ou grandiosidade. Na verdade nem é um local grande e apesar do mosaico no teto da passagem ser lindíssimo, a cidade tem lugares mais impressionantes. Mas visitar o Subway era uma oportunidade de ver um pedaço que foi importante para cidade, sobreviveu a um incêndio e que até agora só existia na minha imaginação. Sem contar que é uma chance única já que eles raramente abrem suas portas ao público. Por causa de tudo isso a visita precisou ser agendada, e chegando lá precisamos usar capacetes, assim como sapatos fechados e sem salto.  A visita também é obrigatoriamente guiada.

Crystal Palace Subway (2)

O local é bem pequeno mas lindo, principalmente levando em consideração que aquilo ali fazia parte de uma estação de trem. A visita durou somente meia hora, mas foi muito bacana! Acho que eles fizeram parte do Open House por uma razão nobre e que eu apoiei: o Friends of Crystal Palace Subway precisa de fundos para abrir o local ao público geral, já que a atual entrada está condenada. A parte do subway em si está segura. Então será preciso construir uma segunda entrada, que deve custar um certo dinheiro já que fica no alto e envolve muita coisa antiga. Então participar do London Open House foi uma maneira de não só dar a oportunidade das pessoas visitarem o lugar mas também chamar atenção do publico para o projeto deles, e receberem doações. Olha, eu fiz a minha porque realmente é uma causa que merece.

Crystal Palace Subway (3)

Quem quiser saber mais sobre, e talvez ter uma chance de visitar o lugar, fique de olho no site do Friends of Crystal Palace Subway. Foi através da newsletter deles, da qual sou assinante, que eu soube que abririam à visitação.

http://www.cpsubway.org.uk/

Quer saber mais sobre o bairro? Clique aqui.

Precisa de hospedagem em Londres? Procure aqui.

Para ler todos os posts sobre Londres, clique aqui.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “Crystal Palace Subway- uma antiga estação de trem de Londres

  • outubro 24, 2015 a 12:34 pm
    Permalink

    Nunca tinha ouvido falar dessa passagem….. Bem legal

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.