O que fazer em Genebra- um final de semana prolongado na cidade

Genebra é uma cidade que acomoda bem uma viagem de 4 dias como foi a nossa, pois além de ser uma cidade fácil, onde quase tudo é perto, é uma cidade que proporciona vários bate a voltas maravilhosos. Então foi isso que fizemos: um dia foi usado para um bate e volta e os demais(3 dias e 2 noites) para conhecer a Genebra com calma, sem acordar cedo ou visitar tudo na correria.

o que fazer em genebra (5)

Quantos dias em Genebra?

Nós ficamos pouco menos de 3 dias e eu acho que foi um tempo razoável. Lógico que a gente não viu e fez tudo, mas isso é porque a gente saía do hotel todo dia lá pelo meio dia. Sim, somos desses que acordamos às 10 quando estamos de férias, graças a Deus. Se acordar super cedo não é um problema para você, talvez 2 dias sejam suficientes para ver o mesmo que vimos. Vale lembrar que fomos no Outono e o horário de verão já tinha acabado, o que significa que tudo fecha mais cedo e escurece antes das 5 da tarde, então dias curtos= menos tempo de passeio.

o que fazer em genebra (14)

Mas afinal, o que fazer em Genebra?

No primeiro dia, para dar aquela sensação de “estou em Genebra”, o melhor a fazer é logo visitar a beira do lago Léman. Acho que esta é a parte mais bacana da cidade, e se você não der o azar que nós demos, verá o famoso Jato D’agua. Sim, por causa do clima o jato ficou desligado durante todos os dias que estivemos lá. Fazer o que? Por ali também está o famoso relógio de flores. De lá  eu recomendo que você já faça um passeio de barco.

o que fazer em genebra (16)

Existem vários passeios, alguns até de dias, nós fizemos o único disponível no dia: o que mostra as mansões á beira do lago e vai até a estátua da sereia. O passeio dura pouco mais de 2 horas. Fomos numa época muito propícia à chuva, que é o Outono, mesmo assim pegamos dias bonitos. Acontece que deixamos o passeio de barco para o último dia, e por acaso no momento do passeio somente o clima não estava lá essas coisas, mas depois abriu! Foi otimo mesmo assim, mas meu conselho é fazer o passeio assim que puder, se o dia estiver bom e não deixar para o último dia. Julgando que esse passeio foi feito de dia, vá a cidade antiga na parte da tarde.

o que fazer em genebra (12)

Só andar por ela já é uma coisa linda! Existem alguns museus bem bacanas nesta parte da cidade. Nós fomos à Casa Tavel, que é a casa mais antiga de Genebra, a entrada lá é gratuita. Lá você nao só vê como era uma casa ha anos na cidade, como vê uma maquete de Genebra antigamente.

o que fazer em genebra (8)

Também fomos à Catedral de St Pierre, e subimos até o topo das torres, de onde a vista é linda. Aliás, vários pontos da cidade antiga proporcionam uma bela vista de Genebra, pois essa é a parte alta da cidade. A Catedral  também tem um interessante sitio arqueológico embaixo da Igreja.

o que fazer em genebra (11)

No segundo dia vá a parte internacional da cidade, onde está localizada a sede da ONU. Você pode fazer uma visita guiada lá durante a semana, e acredito que nos finais de semana também em alguns meses, mas na época que fomos a sede estava fechada nos finais de semana.

o que fazer em genebra (17)

Na parte internacional, estão outros 2 museus que visitamos: o museu da Cruz vermelha, que é tão interessante que vai ganhar um post só dele, e o museu Ariana que é um museu de ceramica e vidro. Apesar de nao ser super entendida no assunto, o museu tem um prédio lindo, fica bem pertinho do museu da Cruz vermelha, e eu fiquei com vontade de visitar ao ver o museu num snap do Projeto 101 países que estava na cidade também. Ele é gratuito todos os Domingos e é uma visita rápida já que o museu não é gigante.

o que fazer em genebra (18)

Se sobrar tempo ou se você tiver mais um dia como nós, sugiro ir ao Monte Saleve ver a vista lá de cima. Este monte é chamado de varanda de Genebra, já que ele fica na França mas proporciona uma das melhores, senão a melhor, vista de Genebra.

o que fazer em genebra (3)

Apesar de estar na França, ele está a meros 15 minutos de ônibus de Genebra. Só o passeio até lá já foi lindo, já que no Outono as cores das folhas ficam uma coisa de louco. E o caminho é super arborizado.

o que fazer em genebra (1)

Chegando lá em cima então, um espetáculo. Já no bondinho a gente babou com as cores do Outono suíço, que para mim foi o mais lindo que eu já até hoje! A vista vai se repetindo, mas adoramos o passeio. Sem contar que lá de cima, numa dia bonito, você pode ver o pessoal saltando de parapente naquele visual.

o que fazer em genebra (4)

Para chegar lá você pode pegar o ônibus numero 8 em frente a estação central, descer no ponto final e caminhar um pouco em direção ao monte. Não esqueça de levar seu passaporte já que o local ficam bem na divisa entre Suiça e França. O onibus te deixa ainda em Genebra, mas você precisa ir caminhando até o Monte, que fica na França. A caminhada não dura mais que 10 minutos. A informação que recebemos é que nunca tem gente checando passaporte ali na divisa, e realmente não vimos ninguém. Mas não custa levar com você.

o que fazer em genebra (2)

Dica extra: apesar de ser uma cidade cara, Genebra dá transporte gratuito aos turistas! Saindo do avião, ainda dentro da parte oficial de desembarque onde só os passageiros podem entrar, tem uma máquina onde você pega seu bilhete gratuito e válido por 90 minutos. A máquina fica bem próxima à porta de saída do desembarque. Eu passei pela máquina, não vi e só percebi isso lá fora quando era “tarde demais”. Um funcionário gente boa me ajudou e consegui entrar novamente para pegar o ticket na máquina. É só apertar o botão e pegar seu bilhete. No seu hotel, te darão o bilhete de transporte gratuito na cidade que terá validade durante toda sua estadia. Você pode chegar em todos os locais citados neste post, inclusive o Monte Saleve que fica na divisa com a França, usando esse passe. Mas fique atento pois ele só é valido até uma certa zona da cidade, entao se for mais longe, pergunte se o ticket é válido!

*O turismo de Genebra nos cedeu 2 Geneva passes, que usamos em todas as atrações pagas deste post. 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

5 comentários em “O que fazer em Genebra- um final de semana prolongado na cidade

  • novembro 30, 2015 a 10:13 pm
    Permalink

    Que lindo Lili! Fomos pra Suíça em fevereiro do ano passado, mas agora deu muita vontade de voltar no outono.. E bom saber que em Genebra o transporte é gratuito, toda ajuda é bem-vinda naquele lugar ahahah
    Bjs

    Responder
    • dezembro 1, 2015 a 3:45 pm
      Permalink

      Nossa, o Outono lá é algo de outro mundo! Lindo mesmo! E eita país caro… Qualquer ajuda é realmente bem vinda, mas eu adorei mesmo assim e quero conhecer outras cidades em breve 🙂

      Responder
  • janeiro 19, 2016 a 7:32 pm
    Permalink

    Mas essa cidade é muito linda no outono, hein???
    Pena que não conseguimos nos encontrar 🙁
    Beijos

    Responder
  • setembro 3, 2016 a 5:54 pm
    Permalink

    Lili, vou a Genebra semana que vem! Adorei as dicas, principalmente do transporte gratuito. Como vou ficar na casa de uns amigos vou pesquisar se consigo o bilhete para toda a estadia em algum lugar.

    Estou com altas expectativas para a cidade e o Museu da Cruz Vermelha!!!
    Mil beijos

    Responder
    • setembro 5, 2016 a 10:24 am
      Permalink

      Fabi, eu fui a Gruyere de trem, parando em Montreux e amei demais. Genebra é uma cidade mais viva que outras da Suíca, mas é mais urbana e menos uau no quesito beleza natural. Eu adorei ter conhecido, viu? Em relação ao passe de transporte público, escreve para o orgão de turismo deles. Eles são tão maravilhosos e solícitos que tenho certeza que te responderão rapidinho!Aproveite bastante, bjs!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.