7 coisas para não fazer na Inglaterra

Choque culural, quem nunca passou por ele não sabe o que é morrer de vergonha! E vou te dizer, num país tão grande quanto o Brasil basta mudar de estado para se surpreender com as diferenças culturais. No meu caso estou sempre aprendendo, cada dia uma surpresa mesmo depois de tanto tempo morando em Londres. Resolvi então listar 7 coisas que não são vistas com bons olhos na terra da rainha.

1)Chamar o garçom estalando os dedos– Garçom não é cachorro, mas você será tratado como tal se fizer isso. Fim.Sky Gardens Londres (3)

2)Aparecer sem avisar- Jamais, em hipótese alguma bata na casa de uma inglês só para dizer oi sem que ele/ela esteja te esperando. Eles não sabem lidar com esse tipo de esponteanidade! Lógico que há exceções, minha gente. Eu ainda não conheci, mas deve haver. A gente percebe quando a pessoa se sente a vontade para esse tipo de situação e você só deve fazer isso se tiver muita certeza que não tem problema algum. Requer um nivel de intimidade bem grande.

3)Atrasar- Eu acho que a gente devia chamar a pontulidade britânica de germânica porque aqui os trens atrasam, os aviões atrasam, etc. Mas se você marcar um churrasco na sua casa e falar para chegar ao meio dia esperando que os ingleses aparecerão às 15, esqueça. Ele irão chegar pontualmente ao meio dia, sem dúvida. Os britânicos acham uma falta de educação chegar atrasado, o que de fato é.

4)Julgar quem bebe na hora do almoço ou na segunda feira- Já falei isso algumas vezes aqui, mas inglês não precisa dar desculpa para beber. Quer beber? Então beba. É segunda? Não precisa dizer que nessa segunda você pode porque passou numa prova e merece. Você merece porque quer. Simples. Não julgue o coleguinha se ele te chamar para almoçar no pub e pedir uma cerveja no meio do expediente. E  não espere que ele arrume uma desculpa para beber na hora do almoço porque provavelmente ele não esta se sentindo culpado por isso.

degustacao de cerveja em Praga (2)

5) Pedir algo sem dizer por favor- Erro master. Nós brasileiros confiamos muito que o tom de voz ameno vai dar conta de demonstrar que a gente é educadinho e que a gente está pedindo com todo o amor do mundo. Aqui não funciona assim. É preciso falar por favor sempre, e agradecer. Vai soar mal educado para eles, mesmo que não seja para nós. Diferença cultural, muito prazer.

6) Furar filar– Antes de mais nada eu gostaria de explicar que fila indiana não existe. A verdadeira fila deveria se chamar fila inglesa. Não fure. Ingleses amam filas e quando há qualquer desculpa para formar uma, lá está ela. Respeite ou você será julgado internamente. Talvez alguém chame sua atenção também, mas o melhor é nem tentar bagunçar essa instituição inglesa.

A fila de Wimbledon

 

7)Demonstrações de afeto exageradas- Cada cultura demonstra amor e afeto do seu jeito. Nós latinos somos mais expansivos, do toque, das risadas altas. Eu sinto falta de ser assim, confesso. Já os Ingleses não se sentem muito a vontade com essa distribuição de beijo e abraço. Não que a gente nunca mais vá abraçar ou beijar alguém, mas não custa observar como é a pessoa antes, para não fazer algo que será constrangedor. Uma pausa para uma história engraçada: um inglês que trabalha comigo corre  dos brasileiros há anos no dia do seu aniversário porque detesta que o abraçem. Ele é um amor de pessoa, mas não curte que peguem muito nele. Uma piada ele dando aquele tchau de longe todo ano tipo: fica na sua que eu fico na minha, e com um leve medo de voce se aproximar estampado na cara hahahaha. Imagina se ele sobreviveria a um abraço amassado desse aqui embaixo!

IMG_6104

 

Essas são algumas coisas que notei ao longo dos anos, mas a lista é bem maior que esse resumo. Lógico que isso é uma grande brincadeira, e não um manual do que fazer ou não. Cada um faz o que quer, como quer, mas para viver melhor numa cultura diferente é sempre bom estar atento a como as coisas funcionam naquele país. Não é preciso perder a identidade. Eu ainda beijo e abraço pessoas, ainda atraso(ain que vergonha), ainda sou eu, mas tento não cruzar a linha do que não é muito bem visto por aqui.

E vocês que moram em lugares com uma cultura diferente me digam: o que não deve ser feito por aí?

 

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

3 comentários em “7 coisas para não fazer na Inglaterra

  • setembro 6, 2016 a 3:26 pm
    Permalink

    Lili… sem dúvida é preciso cuidado pra não cometer gafes. Bom post. Abs.

    Responder
    • setembro 11, 2016 a 1:05 pm
      Permalink

      Verdade! beijo beijo

      Responder
  • setembro 6, 2016 a 4:06 pm
    Permalink

    Hahaha…tô aqui há 2 e assino embaixo !!
    Mas é tão mais fácil aprender ser educado como eles…o pior é não poder abraçar todo mundo, essa gafe eu continuo cometendo !!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *