A verdadeira maratona olimpíca

Tudo está acontecendo nessa cidade. É tudoaomesmotempoagora na sua melhor forma.
Como Londres naturalmente já é uma cidade onde tudo acontece, a gente que mora aqui está enlouquecendo!
Como viver tudo que a cidade está oferecendo nessa olimpíadas e ainda dar conta de fazer todas as obrigações do cotidiano?
Eu ainda não descobri! Por isso acho que a verdadeira maratona olímpica é esta.
Minha maratona London2012 começou no BT river of music, um festival patrocionado pela BT (empresa de telefonia britânica) que teve vários palcos, cada um representando um continente. Os ingressos custaram míseras 3 libras(sem booking fee!). Cada palco era um local clássico de Londres. O palco América apresentou Scissors sisters, Carlinhos Brown entre vários outros. O da Europa apresentou a cantora portuguesa de fado famosíssima Mariza e por aí vai. Vários palcos venderam seus ingressos em algumas horas!
Fui no palco Ásia, em um dos parques mais legais de Londres, o Battersea Park!
Esse é um parque delicioso no sul de Londres, um local ideal para viver como um legítimo londrino num diazinho de verão!
Foi um dia maravilhoso! Muitas famílias, um clima relax bem gostoso.
No dia seguinte fui ao London Pleasure Gardens no palco da África, que também fica a beira do Tâmisa e infelizmente fechou esta semana.
Era um espaço bacana para esse tipo de evento! Fez um solão neste dia e o festival lotou. Nesse dia o clima era menos família e mais jovem, mas igualmente especial.
Depois, a tocha! Descobri que iria passar perto do meu trabalho e não resisti. Adorei!!! Apesar de cheio, não estava muvucado, tudo tão civilizado que valeu a pena. Dura 2 segundos, apesar de vários caminhões de patrocinadores passarem antes animando, mas mesmo assim tem um simbolismo tão grande, que gostei.
Depois teve o final de semana olímpico que contei aqui. Pude conhecer o parque olímpico e ver o judo no Excel, bem no dia da nossa primeira medalha de ouro!
Aí foi a vez de conhecer a Casa Brasil, uma das várias que tem em Londres para os jogos olímpicos. Quero muito conhecer a da Dinamarca, que é em St Katherine’s dock e assim como a do Brasil, é de graça(algumas são pagas).Um site bom para encontrar coisa boa para fazer nessas semanas é o do London 2012 festival , a maioria gratuitos.
Na sexta foi a vez de ver o volei feminino. Uma partida contra a China super disputada,sofrida, mas vencida!
Para a felicidade do maridão, a Paula fez até pose para a foto depois da vitória, uma simpatia.
No final de semana, repete refrão: dia com a amiga e casa Brasil de novo! Esse dia durou e foi ótimo.
Domingo fiz minha última tentativa de participar do encerramento das Olimpíadas. Eles me mandaram um email me pedindo para buscar  meu crachá para usar no dia do evento. Aí pensei que poderia conseguir participar mesmo sem ter ido aos ensaios, mas eles precisavam que eu fosse pelo menos por 1 dia inteiro de ensaio para saber o que fazer. No final das contas não foi tào ruim pois soube que o pessoal da produção ficará a 20 minutos do estádio. Lógico que fotos eram banidas(pelo menos para quem como eu não assinou um contrato de sigilo com eles!), mas não vi nada muito no estilo bunda de fora e mulata semi nua. Tudo me pareceu bem bacana, exceto o fato que tem poucos brasileiros, gringos tocando samba, sei não… Eles tamném não são dos mais organizados, caso contra’rio jamais teriam enviado o crachá de entrada para alguém que nem foi aos ensaios. Mas vou torcer para dar certo, tem tudo para ficar bonito!
Na segunda foi vez de ver os meninos do volei. O nosso lugar ficava tão longe, que tentamos encontrar um lugar melhor e acabamos ganhando ingressos de 2 americanas e novamente ficamos na primeira fila.
E assim como no primeiro jogo, os amigos mandavam torpedos, emails, mensagens por facebook dizendo que a gente aparecia toda hora na tv,rs. Até tiraram foto para provar, eu ri.
Mas o highlight do dia mesmo foi conhecer o Maurício do volei. Mas não só ver e tirar foto com o ídolo e campeão de 92, mas conversar com ele, assim, como se fosse algo que acontecesse todo dia. Fomos de Earls Court até Victoria conversando, e ele perguntando como é a vida dos brasileiros aqui, o que a gente faz da vida, contando a opinião dele sobre a seleção, de como ele acha que o Rio vai se sair daqui a 4 anos, etc.
Amanhã tem mais volei ao vivo!
Quinta tem futebol feminino. Mesmo sem ser Brasil, é um jogão e é em Wembley, um clássico dos clássicos.
Domingo tem final do volei de quadra. Não estou colocando muita fé que o Brasil vai chegar lá, mas torcerei muito!
Ainda quero muito ir ao Victoria Park, onde a BT(de novo!) montou telões para as pessoas assistirem aos jogos.
Também vou tentar ver algum dos eventos gratuitos das Olimpíadas. Neste site você encontra a lista de todos.
Pensa que acabou? Claro que não! As paraolimpíadas logo logo estão aí e tenho 2 ingressos para ver.
Haja preparação física!
Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

Um comentário em “A verdadeira maratona olimpíca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.