Obras de Gaudí no verão sem fila e com música!

Enquanto muitos casais escolhem Paris e Veneza para um final de semana especial, nós escolhemos a agitação de Barcelona no verão para comemorarmos nossos 8 anos de casados. A cidade é um amor antigo nosso, e a nossa cara. Agitada, praiana e noturna ao mesmo tempo!

E o melhor de ir numa cidade que você ama e já conhece é poder curtir sem ter obrigações turísticas. Acho que é assim que se conhece de verdade a “alma” de um lugar. Mesmo assim, ainda não conhecíamos a Casa Batlló, e foi o único local que fiz questão de visitar. E valeu muito a pena, a casa é tão linda por dentro quanto por fora.

Além disso, voltamos na La Pedrera, mas desta vez para ver um show de jazz. Estava bem animada para ir, pois nunca é demais ver qualquer obra de Gaudí, e como voltar a Pedrera envolvia música e não nos impedia de curtir outras coisas que queríamos ver durante o dia, achei que não tinha como dar errado. Foi realmente incrível, mas o show foi muito chato. Que meus amigos intelectuais não leiam, eu curto bastante jazz, mas não esse jazz metido a moderninho. Até o marido músico concordou: tá chato pra caramba!

Entre crises de risos diante da situação, combinamos de não contar nada a ninguém para não perder a magia de dizer que vimos uma banda de jazz óoootima na Casa Milà, mas eu abri uma exceção para contar a vocês. Tirando a banda enjoada e a cara de estou entendendo tudo da platéia que na verdade não sabia o que se passava, a experiência valeu sim. Afinal de contas, como não aproveitar nada de uma noite naquele terraço lindo, com uma taça de champagne e ótima companhia? Então acho que no final das contas, o show é o menos importante. Lógico que se a música agradar tudo pode ficar substancialmente melhor, mas se você não curtir o som como nós, a noite está longe de ser perdida.

E o melhor de tudo foi fazer tudo isso sem enfrentar as filas gigantescas que se formam especialmente no verão. Compramos os ingressos online. Foi fácil e bem prático. Para a visita convencional da Casa Batló,o único incoveniente foi escolher o dia, mas o horário é você quem decide. “Furamos” uma fila enorme! E para o show da Casa Milà acho que nem tinha mais ingresso no dia, então o ideal é comprar antes mesmo. Os sites oficiais das duas casas( aqui e aqui) te direcionam para o site onde se compra os ingressos. E além das duas, sei que a Sagrada familia também vende ingressos online através do Ticketmaster. Não usei o serviço, mas acho que é uma boa economia de tempo e chatice!

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

4 comentários em “Obras de Gaudí no verão sem fila e com música!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.