Um dia pela Costa Brava saindo de Barcelona

Desta vez em Barcelona resolvemos conhecer a Costa Brava, tão falada por quem mora na região por ter praias lindas de águas azuis. Mas como não dirigimos, o jeito foi ir de ônibus mesmo. Compramos as passagens um dia antes na rodoviária da cidade, que não fica muito distante da Sagrada Familia. A idéia era ir para Aiguablava na região de Begur e Palafrugell. Compramos uma passagem que na ida parava em Begur e voltaríamos de Palafrugell para Barcelona. Para começo de conversa, para chegar em Aiguablava nem foi tão fácil. Depois que chegamos em Begur, tivemos que descobrir como chegar na praia, que fica meio distante do ponto de ônibus. Tem transporte público para lá, mas a frequencia está longe de ser ideal, pelo menos para quem como nós só vai passar o dia na região. E ao chegarmos em Aiguablava,  o pânico se instalou. O lugar é lindo mesmo, não me entendam mal, mas só tinha estrangeiro, aquele montão de família na farofa, não era nada disso que queríamos.

Aguas azuis e calmas

Mas o espaço era pequeno para tanta gente. Uma farofa até organizada, mas ainda assim, farofa!

Nada contra estrangeiro nem turista, afinal estamos exatamente nesta categoria. Mas a impressão que deu é que aquela era a Espanha para inglês ver. E não é isso que procuramos lá. Por mais que Barcelona também tenha milhões de turistas, o local é autêntico e não perdeu sua essência, e é isso que nos faz gostar tanto da cidade.Talvez se tivéssemos com crianças teríamos tido outra visão do local, mas apesar de lindo, não rolou. Então ficamos uma horinha lá, pegamos o ônibus de volta para o centro de Begur, e de Begur pegamos um ônibus para Palafrugell. Tudo isso levou muito mais tempo do que pensei. E chegando na rodoviária de Palafrugell não teve jeito. Ou pagávamos um táxi para aproveitar a praia, ou esperaríamos o ônibus e perderíamos tempo. Arrumamos um casal e dividimos o taxi. Foi barato e o taxista foi ótimo, deu seu telefone e foi nos buscar na volta. A praia de Palafurgell me agradou mais.

Milhões de turistas sim, ainda um pouco para inglês ver, porém mais autência e espaçosa, pelo menos eu achei. Talvez por ter outras prainhas uma ao lado da outra, não fica tão muvucado. E lá ficamos mais quase duas horas para depois voltarmos para pegar o ônibus de volta para Barcelona.

Foi lindo, mas não aconselho fazer como nós.  Achei que porque as 2 praias eram ” próximas”(bem entre aspas mesmo), seria tranquilo o transporte entre elas. Cometi um erro de principiante! Nem pesquisei. Pensei que se não tivesse ônibus ligando as 2 praias, um táxi seria baratinho. Estava super enganada. Não tinha muita opção de transporte público,e o táxi estava longe de ser barato, por isso acabamos gastanto mais tempo em ônibus do que na praia. Péssima idéia. Então anote aí, se for para alguma praia na Costa Brava partindo de Barcelona de ônibus, escolha uma só, crie expectativas reais e aproveite. Mas se tiver a opção de alugar um carro, fique com ela e irá aproveitar a região bem mais.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no “sobre” e escolha “sobre mim” na barra superior.

7 comentários em “Um dia pela Costa Brava saindo de Barcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *