Brixton- o bairro do momento de Londres

Desde que chegamos em Londres que moramos nas redondezas de Brixton. E como isso faz tempo, no começo eu ouvi muito que era maluca de morar nessa área, que é muito perigosa, etc e tal. Mas a verdade é que sempre nos sentimos muito em casa aqui. O bairro é dominado por africanos e caribenhos, então em Brixton não tem essa de fingir. As pessoas que querem falar alto falam, quem quer ir a igreja de roupa africana colorida vai, que quer usar uma peruca de periquito usa. Quem quer ser discreto também é, e tudo convive numa perfeita harmonia bagunçada, mas feliz. E talvez por isso eu me sinta tão bem aqui. Não é mentira nem segredo que Brixton tem uma história pesada de viloência, racismo e desleixo do governo. Mas os dias de trevas do bairro ficaram para trás. Sim, Brixton, assim como Hackney, Bethnal Green e similares, continua tendo trafico de drogas e problemas, mas hoje em dia o bairro ganhou status de trendy, o que tem atraido mais e mais gente para cá, feito os preços das propriedades subir para as alturas, e consequetemente feito com que muita coisa boa tenha acontecido na região. E tenho orgulho de dizer que pude acompanhar de perto essa mudança, e defendia a região desde quando a maioria ainda torcia o nariz para ela.

Love Brixton

Não é de hoje que quem me conhece ouve essa a frase “o sul é o novo leste” da minha boca. Isso porque o leste londrino é para muitos onde está a alma de Londres, onde todos os bares legais e autênticamente londrinos estão, onde as pessoas bacanas da cidade vão. Mas a verdade é que o leste é o reduto hipster de Londres. Logico que lá tem muito bar bacanérrimo, muita coisa tipicamente londrina, muita moda, muita essencia de Londres mesmo. Mas eu perco um pouco o interesse quando tem muita gente querendo ser e mostrar, a autencidade acaba se perdendo, e quero deixar claro que esse é um pensamento meu, e talvez até eu esteja sendo hipster pensando assim. E se o sul é o novo leste de Londres, Brixton seria a nova Shoreditch, que seria a porta de entrada para o sul, assim como Shoreditch é a porta de entrada para o leste.

Brixton Market
Já tem tempo que vários bares de Brixton lotam, a Brixton Academy já é uma casa de shows respeitada há seculos, mas a verdade é que as pessoas começaram a se deslocar de longe para o o bairro quando o Brixton Village começou a bombar. Foi uma febre que pegou todo mundo de surpresa e rápido.

Brixton Village 2

O Brixton Village nada mais é do que um mercado, desses tipicamente de bairro londrino, que tem baquinhas vendendo verduras, legumes, peixes, carnes, etc. E no meio dessas banquinhas, alguns empresários montaram restaurantes. Mas não restaurantes chiques, porque não teria nada a ver com a proposta do local. Coisas simples e restaurantes familiares, de comidas variadasdo mundo todo mas com algo em comum: comida boa e barata!

Brixton Village

Lembro bem a primeira vez que fui comer lá e logo de cara deu para notar, aquilo ali faria Brixton cair nas graças do pessoal moderninho. Não deu outra! E eu vou lá desde que o mercado existe e pude acompanhar sua evolução. Hoje em dia a variedade é enorme, os preços aumentaram mas continuam infinitamente mais baixos do que em outros lugares com o mesmo status cool na cidade, e o local vive lotado num nível que os restaurantes mais populares não aceitam reserva e tem fila de espera de horas. Meus preferidos são o Senzala, que é uma creperia de um casal brasileiro simpaticissimo e que faz o melhor crepe da cidade na minha opinião.  Eles servem umas cervejas orgânicas que também merecem destaque!

Crepe Senzala

O Honest Burguer faz o meu burger preferido em Londres, mas esse é o lugar que faz você esperar horas. Basta chegar lá e dar seu nome, telefone e eles dirão o tempo de espera e mandaram um torpedo quando estiver chegando a sua vez. Assim dá para conhecer outros lugares por perto. Coladinho no hamburger está um local frances de champagne e queijos que é delicioso, elegante e bem menos cheio que os outros.

Honest Burger

O Turcomanca serve uma pizza maravilhosa, mas também sempre tem fila! O Brixton village tem padarias gostosas e cheias de produtos gluten free, nut free, lac free, para todo tipo de paladar e alergia,rs. Vale a pena provar os patties jamaicanos e as comidas caribenhas já que a concentração de jamaicano na região é grande, então a comida é bem autentica. A verdade é que só comi mal uma vez no Brixton Village. Considerando que fui lá incontáveis vezes, é muito dificil errar!
Além do Brixton Village, o bairro ainda um mercado todo Sábado, e para dizer a verdade tudo em volta da Brixton Village é um grande mercadão, uma feira mesmo onde tem de tudo. Várias peixarias, vários açougues, barracas vendendo antiguidade, roupa usada, verdura, ;legume, e mais o que você imaginar.  Mas não só de mercado vive Brixton, o bairro tem um pouco de tudo!
Quer uma cerveja artesanal? Então corre para o Craft & Co, que tem cervejas artesanais da melhor qualidade e uma área externa gostosa para dias quentes!

Craft and Co
Quer assisitir uma banda famosa? Então fique de olho na programação do Brixton Academy!

Brixton academy
Quer musica ao vivo? Então vá ao The Prince Albert ou dê uma passeada pela Coldharbour lane, que é uma rua com alguns bares.
Quer ir a um cinema antigo, tradicional e palco de premiere de filmes indies(Tarantino incluído!) ? Vá ao The Ritzy! Lá tem musica ao vivo de vez em quando, e é uma delicia!
Quer musica eletrônica? Vá ao Electric, um local que sempre recebe djs de primeira, festas famosas e onde era o antigo The Fridge.

Quer fazer compras? Além de um shopping pequeno com lojas como Mac, Topshop, Warehouse dentre outras no próprio Brixton Village ha lojas com itens originais e bacanérrimos. Quem curte brechós eu recomendo um que fica ao lado do Macdonalds com vários achadinhos bacanas!
Quer algo completamente diferente e inusitado? Então vá visitar o Moinho de Brixton, que fica num parque escondido e minúsculo. Logo ali ao lado está o bar bacanérrimo The windmill

Moinho de Brixton
Quer ouvir um jazz num local mais calmo e longe do burburinho? Vá ao The Effra Hall Tavern.
Quer ver ouvir um reggae de primeira e sentir o clima jamaicano da região? Então não deixe de ir ao Hootananny, especialmente numa quinta ouvir um reggae verdadeiro e da melhor qualidade!

hootananny

A noite é organizada por uma figura muito conhecida do reggae em Londres, o Cecil Reuben. Ele organiza essa festa de quinta há anos, assim como outros shows de reggae. A clientela é formada por outras figuras do reggae no Reino Unido, já que muitos deles vivem na região. Este é sem dúvida um dos meus bares preferidos em Londres, em qualquer noite, mas sexta e sábado lota. Prefiro a quinta por ser mais tranquilo e porque o som costuma ser incrível.
Quer se hospedar em Brixton? O Hootananny tem um hostel na parte de cima do bar. Perfeito para quem quer pagar pouco, não se importa em dividir quarto/banheiro e quer conhecer a Londres de verdade!

Hootananny parte externa

Mas que fique claro, Brixton não é um bairro que traduz o sonho europeu de muita gente. É barulhento, é colorido, é confuso, é tudoaomesmotempoagora, é um lugar que não pede desculpa e não é pasteurizado. É uma mistura de raças e pessoas, todas convivendo bem. E isso sim é, na minha opinião, a tradução perfeita de uma cidade cosmopolita como Londres. Se você não curte muito a idéia , melhor deixar o bairro para uma próxima. Se você gosta do que leu, então corre para conhecer. Pois como você pode ver, Brixton tem de tudo! E neste sádado ao fazer minha feira da semana tive que desviar de turistas e cameras. Ou seja, o povo está descobrindo a área. Melhor ir enquanto é tempo,rs! Só não dá mais para ignorar. Brixton está sim na lista de lugares que todo mundo deveria conhecer para entender um pouco da alma londrina!

Brixton

Última estação sul da Victoria line, que é a linha azul.

Acessível de ônibus e trem de vários lugares.

Facebooktwittergoogle_plusmail

lilistahr

Uma capixaba morando em Londres há mais de 12 anos, e apaixonada pela capital britânica. Viciada em viagem, com uma queda por praias paradísiacas e destinos menos óbvios. Para saber mais clique no "sobre" e escolha "sobre mim" na barra superior.

22 comentários em “Brixton- o bairro do momento de Londres

    • junho 5, 2014 a 3:02 pm
      Permalink

      Obrigada, Helô! Também amo essa mistura de Londres e a identidade das regiões 😉

      Responder
  • agosto 15, 2014 a 5:15 pm
    Permalink

    nossa! muito legal, até fiquei com vontade de conhecer.

    Responder
  • Pingback: Mercados de rua em Londres- um mini guia com os principais | Catálogo de viagens

  • janeiro 21, 2015 a 5:33 am
    Permalink

    Olá Lili! Vou viajar para Londres em Fevereiro e vamos ficar muito perto de Brixton, toda as pessoas me andavam a assustar dizendo como isso é “assim e assado” já estava a ficar bem assustada e prestes a cancelar a reserva bem em conta que tínhamos feito no entanto depois de ler este post fiquei foi desejosa de conhecer o local. Um obrigado gigante de Portugal 🙂
    P.S. Não vou perder essa creperia por nada xD

    Responder
    • janeiro 21, 2015 a 11:38 am
      Permalink

      Ana, Acho que as pessoas tem uma idéia muito errada de Brixton. E de outros bairros também. Tenha os cuidados que teria em qualquer lugar. Não ando com minha camera no pescoço numa rua deserta à noite em lugar nenhum do mundo, por exemplo, o mesmo não faço em Brixton. Nào ando mais com o telefone na mão na rua depois que me roubaram(e não foi lá). Mas isso acontece em qualquer lugar em Londres, um amigo meu foi roubado na saída da estação de Holborn! Bairros super famosos onde dia entre os turistas como Dalston, Bethnal Green e até mesmo Shoreditch sempre tiveram fama de perigosos, e não são melhores que Brixton nesse quesito. Qual a locazição do seu hotel? Grande abraço!

      Responder
  • março 17, 2015 a 10:15 pm
    Permalink

    Antes de tudo, parabéns pelo blog! Não conhecia, achei show!
    Estou aqui na maratona de arrumar lugar para morar, e tenho um quarto em Brixton para visitar. Eu sempre tive preconceito com a área, mas realmente as pessoas estão “se abrindo” para aquele lado!
    Valeu pelas dicas, se eu for mesmo morar lá espero poder aproveitar todos esses lugares! 🙂

    Responder
    • março 17, 2015 a 10:19 pm
      Permalink

      Silvia, as pessoas estão se abrindo tanto que esta ficando cada vez mais difícil manter o aluguel aqui. Esta muito muito caro! Mas eu adoro a região e resisto em mudar… Obrigada pela visita e por curtir o blog!

      Responder
  • Pingback: Hootananny: Pra curtir boa música e conhecer o lado B de Londres | Pra Ver Em Londres

  • agosto 10, 2015 a 12:16 am
    Permalink

    Eu amei Brixton, pena que fui muito rápido, mas quando eu voltar a Londres eu hei de voltar. Lembra um pouco o Brooklin.

    Responder
    • agosto 10, 2015 a 10:10 am
      Permalink

      Que bom, Roxane. Sou suspeita, amo Brixton!

      Responder
    • agosto 13, 2015 a 8:22 pm
      Permalink

      Saudade de vcs tb!

      Responder
  • Pingback: Pop Brixton- O novo pop up em Londres - Catálogo de viagens

  • Pingback: Broadgate circle- O novo centro de restaurantes e food trucks em Londres - Catálogo de viagens

  • julho 31, 2016 a 11:34 pm
    Permalink

    Ficamos cinco dias agora no final de julho de 2016 em Londres e hospedamos em Brixton. Na nossa primeira noite em Londres apreciamos o crepe da “Senzala”. Como todo setor cosmopolita, tem sim uma certa criminalidade, mas nada que nos deixassem inseguros.

    Responder
    • agosto 1, 2016 a 11:35 am
      Permalink

      Que bom ler isso, Marcos. Espero que tenham curtido essa região como eu!

      Responder
  • Pingback: Honest Burgers- Restaurantes em Londres - Catálogo de viagens

  • novembro 4, 2016 a 4:21 pm
    Permalink

    Que bom saber disso, eu vou pra Londres em novembro de 2017 e vou morar em Brixton.

    Responder
  • fevereiro 8, 2017 a 10:58 pm
    Permalink

    Olá querida. Estou há quase dois meses em London. Chrislehurstirei com filho nora e netos. Nos dias que consegui sair para turistar no centro, eu fui e fiz visita a vários lugares. Confesso que desde quando cheguei, comentei com meu filho que gostaria de ser da comunidade negra aqui em Londres, pois havia percebido que são pessoas felizes , irreverentes. Agora faltam 10 dias para eu retornar ao Brasil e nesse sábado vou conhecer Brixton. Obrigada adorei a dica . Vai ser o segunda oportunidade de curtir passeio com a família rsrsrs. Sei que vou adorar. Rótulei de ala esquerda. Estou precisando encontrar os meus companheiros. Sou branca paulistana filha de nordestino Professora rede estadual . Mae criei os filhos sem marido e por aí vai. Bjsss

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *